Charlie Sheen volta à TV no mesmo dia da estreia de Ashton Kutcher em Two and a Half Men

Após a conturbada saída do seriado “Two and a Half Men”, Charlie Sheen irá voltar à televisão no canal Comedy Central, no dia 10 de setembro. Sua gravação irá ao ar no dia 19 – mesmo dia em que Ashton Kutcher aparecerá no antigo seriado de Sheen.

Ele irá participar de um “Roast” (“Assado”), gênero de programa em que humoristas fazem todo tipo de brincadeiras com uma celebridade específica – incluindo de homenagens a até mesmo insultos. “Você pode dizer que estou trazendo lenha para esta fogueira”, disse o ator, em comunicado. “É hora de acender isso. Será épico”, completou.

O programa será dirigido por Joel Gallen, que dirigiu também os “roasts” de Donald Trump, David Hasselholff, Joan Rivers e Pamela Anderson. As informações são do site Hollywood Reporter.

Fonte: UOL 

Ashton Kutcher vai substituir Charlie Sheen em Two and a Half Men

Oi???

A CBS e a Warner Bros anunciaram oficialmente, nesta sexta-feira (13), que Ashton Kutcher vai substituir Charlie Sheen em Two and a Half Men.

De acordo com o Hollywood Reporter, Ashton declarou que será uma grande responsabilidade assumir a série. “Não posso substituí-lo, mas vou trabalhar muito para entreter as pessoas”, disse.

“Mal posso esperar para trabalhar com a equipe talentosa de Two and a Half Men e acredito que podemos encher o palco de risadas que vão ecoar na casa dos telespectadores”, completou.

A produção dos novos episódios começará já nos próximos meses.

Fonte: Vírgula

Charlie Sheen beija Jimmy Kimmel durante programa

Charlie Sheen apareceu do nada no auditório do apresentador de talk-show Jimmy Kimmel, na noite desta segunda-feira 21 de março. Após ter interrompido a entrevista com o ator Mark Cuban, ele fez questão de dar um beijaço na boca do apresentador. Em seguida ele começou a fazer propaganda de si mesmo e distribuiu camisetas para a platéia e depois simplesmente foi embora, assista:

Charlie Sheen poderá voltar para Two And A Half Men

Charlie Sheen poderá voltar para “Two and e Half Men” após ter sido demitido no dia 7 de março, segundo nota publicada no site “Radar Online”, nesta segunda-feira (21).

Segundo fontes da publicação, o presidente e CEO da CBS, Les Moonves foi falar diretamente com os altos executivos da Warner Bros, empresa que produz a série e que demitiu Sheen.

Os executivos da Rede Eye estão dispostos a perdoar e esquecer todos os escândalos do ator, e ter Charlie Sheen de volta ao papel principal.

Moonves também falou diretamente com Chuck Lorre, produtor e criador de “Two and a Half Men”, que tem sido alvo de ódio e comentários ferozes de Sheen. “Moonves disse a Chuck Lorre que ele deveria lidar com Charlie “, disse a fonte.

Lorre produz dois outros grandes sucessos da CBS, “The Big Bang Theory” e “Mike & Molly”. “Moonves quer a série de volta no ar. É tudo para ele”, acrescenta a fonte. “Ele diz que algumas pessoas precisam esquecer tudo e qualquer coisa que Charlie tenha feito recentemente e seguir em frente. A questão central é, como ele mesmo disse, o relacionamento instável entre Charlie Sheen e Chuck Lorre. Ele acredita que se a CBS e Warner Bros conseguirem encontrar uma maneira de acalmar os ânimos, tudo dará certo.”

Jon Cryer arruma novo emprego no programa da Ellen

Já que Two And A Half Men foi cancelada, o jeito é, como dizem, partir para outra. Jon Cryer, o Alan, arrumou um jeito de pagar as contas: trabalhar como recepcionista da Ellen.

Na verdade, o ator fez piada com seu desemprego durante o programa da apresentadora. No video Ellen aparece andando pelos bastidores e cumprimentando todo mundo. No final surge Cryer, sentado atrás de uma mesa e falando ao telefone.

“Você faz um bom trabalho. Você faz por dois homens e meio”, brinca Ellen, ao pegar os recados do dia. “Bem, eu preciso do trabalho”, responde Cryer, que venceu um Emmy pelo papel de Alan Harper, o irmão de Charlie na atração.

Confira o video:

Two and a Half Men é cancelada

Após uma incendiária entrevista com o astro da série Two And a Half Men, Charlie Sheen, a rede CBS e a Warner Bros decidiram cancelar o resto da temporada da série de maior audiência nos EUA.

A decisão foi baseada na “totalidade das declarações de Charlie Sheen, condutas e condições”, segundo um comunicado conjunto divulgado nesta quinta-feira, em um comunicado conjunto. Mais detalhes sobre o futuro da atração não foram divulgados.

A produção foi suspensa em janeiro para que Sheen tratasse sua dependência química. Nesta quinta-feira, Warner e o empresário do ator, Stan Rosenfield, disseram que as filmagens voltariam com o retorno do ator. Mas isto foi antes que Sheen, de 45 anos, ter feito declarações desconexas e ácidas em uma entrevista de rádio. Entre outras falas, o ator xingou o produtor executivo da série, Chuck Lorre e usou palavrões até para definir o programa de Alcoólicos Anônimos. O ator chegou a convocar os fãs para que “injustiças fossem reparadas”.

A decisão repentina de cortar episódios da oitava temporada da popular e lucrativa atração veio depois de um comportamento cada mais errático do ator, incluindo uma entrevista anterior em que havia declarado ter sido barrado pelos produtores ao tentar voltar a gravar.

Em sua entrevista para a rádio, Sheen evocou repetidamente imagens e idéias violentas. Seu ataque a Lorre beirou o anti-semitismo. “Tem algo de deplorável que um certo Chaim Levine – é este o nome real de Chuck – pegou para ele mesmo uma postura de rockstar como uma estratégia egoísta”, disse.

“Passei quase uma década magicamente convertendo suas pequenas moedas de lata em puro ouro. E a gratidão que recebo é esse charlatão que escolhe não fazer o seu trabalho, que é escrever”, comentou.

Lorre, cujo verdadeiro nome é Charles Levine, é um produtor veterano cujos sucessos na TV incluem The Big Bang Theory, Dharma & Greg, Mike and Molly e Cybill.

Falando sobre si mesmo, Sheen disse que tem “mágica e poesia na ponta dos dedos a maior parte do tempo”.

Lorre não comentou as declarações de Sheen nem o cancelamento da temporada.

Mais polêmica
No que o site de celebridades chama de “carta aberta” de Sheen publicada em seu site nesta quinta-feira, o ator chama Lorre de “pequeno verme” e deseja ao produtor “nada a não ser dor”.

Sheen, também convoca seus fãs para demonstrar apoio a ele. “Eu peço a todos os meus leais fãs que adotaram esse programa há quase uma década que me acompanhem na busca pela reparação de injustiças e erros”.

A Warner já havia decidido cortar a oitava temporada da série que teria 24 episódios, para 20, por causa das faltas de Sheen. Agora, a CBS fica com apenas 16 episódios, sendo que todos já foram ao ar nos Estados Unidos.

O canal de TV e o estúdio toleraram o comportamento Sheen por bastante tempo. Ele começou um tratamento de reabilitação em janeiro, em casa, após três hospitalizações em três meses. A mais recente foi uma rápida ida ao hospital após uma festa de 36 horas em sua mansão, acompanhado de atrizes pornôs.

Na entrevista à rádio, Sheen se referiu ao grupo de Alcoólicos Anônimos a um culto de porão no qual a chance de sucesso se resume a 5%, comparando ao seu sucesso de 100%. Segundo ele, um dos motes do grupo é “Não seja especial, seja um de nós. Novidade para vocês: eu sou especial e nunca serei um de vocês”, declarou.

Sheen assinou, no fim do ano passado, um contrato de dois anos com a série, que deve render a ele em torno de US$ 1,8 milhão por episódio. O ator se referiu a ele mesmo como o novo xerife da cidade, que tem um “exército de assassinos”. “Se você ama com violência e odeia com violência, não há nada a ser questionado”, disse.

Charlie Sheen pediu, né?

Two and a Half Men – A novela continua

Tem gente dando a série como cancelada, mas o futuro de “Two And A Half Men” ainda é incerto. Na verdade, seu protagonista não decide se renova ou não contrato com a CBS para mais uma temporada. A produção disse que, caso não haja renovação, a série pode continuar. Mas, vamos combinar, que graça teria “Two And A Half Men”  sem Charlie Sheen?

A verdade é que a equipe se reuniu na noite da última sexta feira para a gravação do último episódio da sétima temporada e nenhuma notícia foi dada até agora. Sobre sua possível saída, Charlie Sheen comenta: “Se o programa de hoje à noite é o fim para mim como Charlie Harper, que assim seja. Outra jornada já começou. Aproveito a experiência de 161 programas gravados com experiências, lembranças, amizades e gratidão incríveis”.

O jeito é esperar para ver se a coisa é séria ou é uma jogada para tentar aumentar o já gordo salário de Sheen.

Astro de Two And A Half Men ameaçado de morte

Parece coisa de cinema (ou de série de TV), mas Jon Cryer, que estrela o seriado “Two and a half men” ao lado de Charlie Sheen, teria dito à polícia que corria risco de vida. O ator estaria recebendo ameaças de morte e seria alvo de um matador de aluguel.
De acordo com o site TMZ, o FBI estaria investigando o caso. Cryer teria feito a denúncia na sexta-feira, dizendo que acredita que sua ex-mulher teria contratado um profissional para matá-lo.
O ator e a ex estiveram envolvidos numa briga de custódia, que se acirrou recentemente. De acordo com fontes do TMZ, o FBI está no caso há uma semana e ainda não tem suspeitas.
Seguranças teriam ido até o set de “Two and a half men” na sexta-feira e o episódio teria sido gravado sem plateia. O mesmo se repetiria nesta sexta-feira.
A ex-mulher do ator teria declarado ao TMZ que desconhece qualquer ameaça contra Jon.
Sei não… história estranha essa…

Two and a half men e The Big Bang Theory terão mais temporadas garantidas

Você acompanha o dia-a-dia de Charlie, Allan e Jake? Então pode comemorar: “Two and a Half Men,” a série mais assistida da CBS, está garantida até 2012. Em um acordo incomum, a emissora renovou a série por mais três temporadas.

Mas os fãs de Leonard, Sheldon e cia também tem motivos para comemorar.

A emissora renovou “The Big Bang Theory” por mais duas temporadas, ou seja, teremos TBBT pelo menos até 2011. Ambas as séries têm a supervisão de Chuck Lorre, escrtitor e produtor da Warner Bros.

Charlie Sheen será pai pela quarta vez

Charlie Sheen, que estrela o seriado de comédia “Two and a Half Men”, revelou na segunda-feira que ele e sua mulher Brooke Mueller estão esperando seu primeiro filho juntos.

Sheen, de 42 anos, se casou com a corretora imobiliária e ex-atriz de 31 anos no último mês de maio, depois de um amargo processo de divórcio com a atriz Denise Richards em 2006. Sheen e Richards tiveram duas filhas, e Sheen também teve uma menina com sua ex-namorada Paula Profit.

“Brooke e eu estamos muito felizes! Ela é a melhor madrasta que Sam, Lola e Cassandra poderiam esperar”, disse Sheen em nota. “Vendo seu amor e afeição com aquelas três, eu sei que ela será uma mãe incrível. Talvez um garoto nos espere”.

Filho do ator Martin Sheen, que fazia o seriado “West Wing”, Charlie Sheen representa atualmente um solteiro rico e mulherengo na comédia “Two and a Half Men”, da CBS. Ele conseguiu três nomeações ao Emmy por seu papel como Charlie Harper no programa.O TV Guide colocou Sheen como o ator mais bem pago da televisão neste mês. Ganhando 825.000 dólares por episódio, incluindo dinheiro de seus direitos de propriedade no programa, Sheen tem um salário anual de pouco menos de 20 milhões de dólares.

Veterano de Hollywood, Sheen esteve no filme “Platoon” de 1986, e nas comédias “Major League” e “Top Gang”.

http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL736340-7084,00-ATOR+CHARLIE+SHEEN+SERA+PAI+PELA+QUARTA+VEZ.html