Eric McCormack participará de Law&Order: SVU e Old Christine

Eric McCormack (“Trust Me”, “Will & Grace”) foi escalado para participações especiais em Law & Order: Special Victims Units e The New Adventures of Old Christine.

Na sitcom, ele fará o papel de um terapeuta que divide o consultório com Michael e possível interesse amoroso de Christine, a personagem da atriz Julia Louis-Dreyfus.

Em SVU ele aparecerá no segundo episódio da nova temporada. Segundo o colunista Michael Ausiello, ele fará o papel de um “sugar daddy”, ou seja, um aliciador de mulheres.

Fonte

Famosos comparecem ao casório de Griffin Dunne

O feriado de 4 de julho foi o dia escolhido por Griffin Dunne (o Tony de “Trust Me”) para subir ao altar em Rhinebeck, New York.

Entre os convidados, estavam Nicole Kidman e Keith Urban, Hugh Jackman, Sacha Baron Cohen e Isla Fisher, e Simon Baker. Mark Ruffalo também foi visto nas redondezas.

Griffin já foi casado uma vez com a atriz de “Law and Order” Carey Lowell (hoje casada com Richard Gere) e tem uma filha, Hannah.

Trust Me – The More Things Change (S01E13)

Series Finale (infelizmente). O episódio começa com um comercial em formato de trailer de um filme (meio duvidoso) para o carro. Campanha essa que Tony “roubou” de Cochran (go Tony!). Este, claro, fica furioso!

Uma campanha apresentada é a do slogan “have you changed?”, que mostra fotos do elenco mais jovens (todas hilárias!).

Diane voltou para dizer a Conner que ele deve fazer exames, pois ela pegou clamídia (creepy, mas engraçado). Ele fica apavorado.

Denise chama Mason para dizer que vai demitir Tony e colocá-lo no lugar. E cabe a ele dar a notícia. Tony, claro, não reage nada bem e vai tomar satisfações com Denise. Rola um DR básico, mas ela está irredutível. Mason então decide se demitir.

Sarah termina com o namorado porque está afim de Conner (e eu que sempre shipei ela e o Tom).

Bem, a série foi cancelada e trocentas questões ficaram no ar. E isso me irrita muito, pois nunca saberemos se Sarah vai ficar com Conner, se Cochran vai mesmo ser o novo chefe se de Conner e Mason, se a UST entre Tony e Denise vai se resolver. Um episódio de “fechamento” cairia muito bem. Enfim, uma série que eu gostava muito, com meu ator favorito ever no elenco, que foi da mesma maneira que veio.

Trust Me – You Got Chocolate in My Peanut Butter (S01E12)

Conner e Mason ainda estão separados.

Tony faz as contas e percebe que a agência precisa arrecadar 45 milhões de dólares em 15 dias. Ele e Mason ficam tentando achar uma maneia de fazer isso. Os dois têm a idéia de arrumar um jeito de fazer os clientes antigos da agência gastarem essa quantia. Tony também compra diversas cópias de um livro escrito por um conhecido seu, para serem distribuídos ao pessoal da agência. Estranhamente, ele arranca o capítulo final de todos eles.

Sarah passa por maus bocados na apresentação de sua campanha da Dove e Mason é escalado para ir com ela para as filmagens do comercial em Los Angeles. Só que Sarah quase consegue arruinar tudo.

Conner vai pedir a Tony que o arrume um parceiro e ele propõe que os dois se unam para espionar Cochran. Eles vão para Los Angeles e acabam conseguindo uma das contas do concorrente.

Trust Me – Norming (S01E11)

Mason e Conner estão tentando gravar um spot de lasanha, mas o ator não parece muito bom.

Sarah dormiu com seu date e já está tentando se sabotar. Ela logo marca um almoço com o ex marido para ver se ele fica com ciúmes. E ele diz que é gay. E ela fica muito chateada (e quem não ficaria ao descobrir que o ex marido é gay?). Cara, eu sou muito Sarah!

É mês de avaliação e um membro da equipe falou mal de Mason. Ele fica tentando descbrir quem foi. Ele entra na sala de Tony depois do expediente e, num moneto “House”, chega a uma conclusão que o deixa chateado. Aliás, irado. Então, Tony contrata um terapeuta para tentar resolver os problemas do grupo. E tem uma idéia genial!

Trust Me – Thanks, I Needed That (S01E10)

Um episódio inteirinho sobre o Tony! Que alegria!!!!!

Quando Conner e Mason chegam ao escritório, Tony já está esperando por eles. E bastante irritado, pois os dois assinaram uma conta sem consultá-lo. E eles vão fazer uma reunião com Cochran, que acaba, literalmente, com uma briga (como eu sinto falta quando o Tony não aparece).

Denise não gosta nada disso e afasta Tony da conta. Aliás, do prédio. E, graças a um plano infalível dele e do Mason, Tony sai escoltado pela segurança. Para completar, o cliente decide colocar várias agências para disputar a conta.

A esposa de Tony vai procurar Mason para que ele edite um video de homenagem ao chefe, que vai fazer aniversário. Mason passa a bola para Conner, que não quer fazer o video, mas acaba cedendo. E vai até entrevistar seu antigo chefe no asilo, que confessa que Tony teve um caso com alguém importante na agência. E mais um ship nasce!

Para os fãs (no caso, acho que a fã) do Griffin Dunne, foi um episódio feito de vitória!

Trust Me – Odd Man Out (S01E09)

Diana ainda está brava com Conner por causa do fim do “relacionamento” deles e ela ter sido obrigada a aceita a campanha, que não está indo nada bem nas pesquisas de grupo.
Conner reencontra um antigo parceiro, que está na pior e acaba dando um emprego a ele na agência. Só que o cara é péssimo e eles não sabem como dizer isso a ele. Conner tem uma idéia brilhante, que acaba não funcionando muito bem.
Mason chega de viagem e descobre que a filha levou um pé na bunda do namorado (e ele, como todos os pais do mundo, nem sabia que a filha tinha um namorado). Só que ele acaba descobrindo que a história não é bem essa…
Tom decide vender o videogame porque a namorada não curte (que mulher sem graça, viu?) e Hector fica chateado.
Sarah arruma um cliente novo para a agência.

Trust Me – What’s the rush (S01E08)

U-HU! Tony is back! Ele, Mason e Conner têm uma reunião com um cliente que quer vender bebidas energéticas, enquanto Sarah vai procurar uma agência de relacionamentos.

A cliente dá em cima de Mason, que fica meio transtornado. Até que ele descobre que Diana está saido com Conner. Aí ele fica totalmente transtornado (e, quiçá um pouco enciumado), principalmente quendo Tony conta a ele que Diane dispensou a antiga agência quando o romance dela com um dos funcionários terminou.

Sarah consegue um encontro na tal agência de relacionamentos, mas dá tudo errado e Conner vai consolá-la, dando conselhos de como pode arrumar alguém melhor pela agência. Diane vê os dois conversando e fica estressadinha (mesmo na ficção, pessoas assim me irritam). Claro que rola um barraco e ela cancela a conta.

No fim, Conner e Mason saem por cima e todos ficam felizes.

O futuro de Trust Me ainda é incerto

Notícia triste para os fãs da série. De acordo com o ator Erick McCormack, que interpreta Mason, os produtores ainda não decidiram se vão ou não produzir mais uma temporada. Segundo McCormack, “eles ainda não tomaram uma decisão sobre fazer uma segunda temporada, mas a coisa não está muito boa, não. E eu acabei de filmar um piloto para a ABC (com Tad Quill, de Scrubs). Ainda não tem nome, mas está pronto e é divertido. Vamos ver no que dá”.

Um outro ator de “Trust Me” também está envolvido em um novo projeto (como a gente já havia adiantado aqui). Griffin Dunne participou do piloto de “House Rules”, junto com ean Bridgers e Tawny Cypress. Devemos ter notícias sobre o resultados dos pilotos até maio.

Espero que não acabem com a série, que eu gosto muito, mas, caso aconteça, que os atores tenham sucesso em seus novos projetos.

Trust Me – Damage Control (S01E07)

Mason descobre que há um vazamento no teto da sala, que vem do banheiro e sua mulher decide que é hora da reforma, já que ele estaria ganhando mais por causa da promoção. Ele vai pedir um aumento à Denise, que nega categoricamente (eita, mulher mala!)

Conner descobre que deve reembolsar a empresa pelos seus gastos “extras” durante suas viagens. Ele deve “apenas” 4mil e poucos..

Os dois acham que é hora de procurar outra empresa para trabalhar e, durante uma entrevista, Mason descobre que Conner ganha mais que ele.

Sarah começa a ficar meio enciumada de Tom estar ficando “muito amigo” de uma mulher, quer dizer, sua principal rival. Toda a agência está enlouquecida trabalhando em uma campanha para a Dove (é merchan para todos os lados!) e Sarah acaba descobrindo que, na verdade, Tom está saindo com a supervisora da tal campanha.

Ah, sim! A gente acaba descobrindo o que já desconfiava há muito tempo: Mason e Sarah já “ficaram” em uma festa de empresa.

Sinceramente, tem horas que o Conner parece uma mulherzinha, cheio de mimimi. A tal campanha da Dove, lembra? Mason indicou a da sarah como melhor e Conner ficou todo estressado, de bico. Não sei como o Mason aguenta!