Persons Unknown – Shadows in the Cave (S01E13)

Season finale.
E começam os flashbacks. Janet relembra de quando deu a notícia da gravidez para Mark e ele surtou. Então ela acorda em um hospital. Ela tenta fugir, mas, claro, não consegue. O detetive vai falar com ela, mas quando ela começa a falar, logo é posta para dormir. Então a diretora do Programa, vestida como médica, vai avaliá-la e diz que ela precisa ficar isolada de tudo e de todos, pois está completamente fora de si.

Moira e Erica estão disfarçadas de muçulmanas e acreditam que estão a salvo.

Chalie e Blackham (claro, o casal) fogem em alta velocidade e nem param quando vêem Mark e Eleonor no meio da estrada pedindo socorro.

A diretora mostra a Joe o video de Janetfalando de como ele a ajudou a sair da cidade. E ele diz que não será capaz de vencer Janet.

Janet, por sua vez, escapa, e vai reencontrar a filha, que está sob os cuidados de sua mãe, que está envolvida no Programa. Porém, ela parece querero bem da filha e manda o segurança levá-la para um local seguro.

Blackham e Charlie estão acampados no meio do nada. Charlie começa a falar que mudou, que sua vida nunca mais será a mesma, blábláblá… Blackham pergunta se ele sente falta da Charlotte e Charlie diz que nunca disse o nome da esposa. Tenso.

Graham está naquela sala cheia de fios em que Joe esteve. A diretora quer arrancar informações dele, mas não tem muito sucesso.

Vamos direto ao que interessa: Joe e Mark acordam novamente no hotel, com outros participantes, para mais um BBB, enquanto Janet e todo o resto iniciam o nível 2 do experimento.

Persons Unknown – And Then There Was One (S01E12)

Ulrich está perdidinho. Ele gosta de Janet, mas sabe que é errado. Ao falar com a diretora, ele decsobre que terá mais uma chance de salvar a cidade, mas só saberá quando for bem sucedido ou falhar.

Os caras do restaurante sumiram e o pessoal está começando a achar tudo muito estranho. A coisa piora quando eles encontram os sacos para cadáveres.

Ulrich explica a Janet que os sacos estão lá para seis deles, pois começarão a se matar e só um sairá vivo da cidade. Ulrich aposta em Janet, que diz que não fará nada disso e ele só responde que, no momento certo, ela fará. Tenso.

Um amigo de Mark identifica o dono de um dos dedões e diz que o cara está vivo! Ele alega ter ido ajudar uma vila de desabrigados e acordou no hospital – sem o dedão.

E começa a matança. Ulrich arma para tirar todo mundo da cidade, mas a diretora é mais esperta que ele e, assim que atravessa o campo magnético, sua cabeça explode. Literalmente.

Mark e Eleanor descobrem que o Programa comprou o jornal em que trabalhavam e vai até a sede deles, disfarçada de uma empresa normal. Lá, armam um escândalo e são pegos.

Janet passa a observar tudo pelas câmeras e vê Blackham sendo morto, mas não identifica o assassino. Quando ela conta a Charlie, ele bate nela e fica todo revoltado (ah, esse ship é canon…). Ele sai furioso, briga com Erica, tem um ataque e morre. Todo mundo fica triste e Erica vai consolar Moira, que tem um ataque de fúria e a mata. Depois mata Graham e tenta matar Janet. Mas claro que não iriam deixar a mocinha ser morta por um personagem secundário e Janet acaba com a raça de Moira.

Só restam Joe e Janet (surprise, surprise). E finalmente Joe toma uma atitude que presta nessa série!

Mas ainda não acabou e a série conseguiu se superar (e muito) em matéria de tosquice!!!!

 

Persons Unknown – Seven Sacrifices (S01E11)

Janet tem um sonho em que está em um caixão e vai se consolar… com Erica!

Mark está em um avião, que está passando por uma forte turbulência, mas mesmo assim vai ao banheiro camuflar os dedões recolhidos dos cadáveres na cidade do Programa. Quando chegam em São Francisco, Mark é preso pelo sequestro de Janet.

O novo gerente do hotel insiste em dar em cima de Janet, despertando os ciúmes de Joe e Erica (tá, legal, mas ela não é tudo isso não, vamos combinar…). Joe tenta conversar, mas Janet está irredutível (ai meu Deus, ainda bem que só faltam dois episódios para a finale… isso já está cansando).

Charlie e Blackham agora são BFFs e vão até ao salão fazer a barba juntos. Então eles discutem e ficam brigados (ai, esse romance está ficando muito confuso).

Eita! Janet consegue fazer com que Ulrich a leve a sala de controle. Lá ele explica a ela que o que eles estão fazendo é pesquisar o comportamento humano, que está “impresso em seu DNA” e não muda, não importa o quanto se tente mudar. E isso enquanto trocam beijos, já que está na cara que Janet sabe muito bem o que está fazendo.

Mark, na prisão, conta tudo o que sabe, mas, claro, ninguém acredita nele. Porém, misteriosamente, os dedões vaõ parar nas mãos da diretora do Programa e Mark é solto.

E a dona diretora do Programa resolve acabar com a cidade e matar todo mundo.

Persons Unknown – Identity (S01E10)

Mark e Eleanor foram parar, adivinha aonde? Na cidade do Programa!

Joe tem um insight e quer contar a todos. Só que ninguém quer mais papo com ele. Enquanto discutem, o novo gerente do hotel aparece e, aparentemente, Joe o havia matado há um tempo atrás. Bem, ele vem comunicar que precisarão fazer uma certa manutenção na cidade e, por isso, eles ficarão presos em um andar do hotel por um tempo. Como recompensa, cada um recebe um presente, algo relacionado às suas vidas antes de serem pegos.

Mark e Eleanor observam a movimentação dos caras dos jipes. Eles deixam corpos dentro de sacos no cofre do banco e todo mundo é sedado.

No dia seguinte tudo parece exatamente igual a antes. Os caras dos jipes voltam e Mark consegue roubar um deles e fugir com Eleanor e Stefano, que se camuflou junto com os cadáverespe.

Persons Unknown – Static (S01E09)

E o nosso amigo Joe reaparece no hotel peladão e desmemoriado. O pessoal fica perguntando sobre o Programa e ele diz não saber de nada, completamente perdido.

Mais tarde, ele vai procurar Tom e descobre que ele morreu e que a passagem secreta não existe mais (rá! se deu mal!).

E nós conhecemos a sala de justiça, quer dizer, o centro de comando do Programa.

Janet ainda alisa o desenho que Joe fez de seu rosto (aquele que ela jogou fora no episódio passado).

Eleanor tem a brilhante idéia de arrumar um emprego para comprar passagens para que ela e Mark voltem para casa. Nisso batem na porta do quarto do hotel e Mark é levado preso.

O gerente do hotel leva um susto quando vê Joe e a recepção se transforma em uma central e a diretoria começa a falar com ele pela webcam. A diretora pergunta se Joe está competente (o que ela quis dizer com isso, não sei) e ele diz que não.

E a baixinha dona do Programa é bem atrevida e muito arrogante. Acho que ela quer dormir com o Joe e faz de tudo para defendê-lo do “gerente” que quer tirá-lo do hotel.

Janet enche tanto o saco de Joe para que ele se lembre ter dito que há uma saída do hotel que ele surta lindamente e quase a mata. Isso, claro, provoca a ira do povo, quew quer matá-lo.

O pároco da igreja de Joe salva Mark e Eleonor, os levando para o meio do mato. Lá, ele é morto e o casal tem que se virar no meio do nada. E eles até que se saem bem, trocam até juras de amor. Então eles vão andando a esmo até que chegam em um lugar…

Que tenso! Joe parece estar sob um efeito “Laranja Mecânica” style. Toda vez que é tocado, tem um acesso de fúria. Quando ele se dá conta do que está acontecendo, resolve se matar e Janet tenta impedir.

Persons Unknown – Saved (S01E08)

Joe parece estar delirando e acorda em uma câmara cheio de fios colados em seu corpo. Uma voz avisa que alguns ajustes precisam ser feitos e que vai doer.

Enquanto isso, Janet quebra tudo em seu quarto querendo saber o que houve com Joe.

No laboratório, Joe tem uns flashbacks de quando as pessoas foram levadas para o hotel e a voz lhe pergunta se vale a pena desistir de tudo por Janet (esse mistério já está ficando chato). E adivinha só quem é a enfermeira dele? Tori, que parece que não morreu.

Mark, em Roma, procura pela única pessoa que conseguiu escapar do Programa viva para contar a história. Claro que ela está em um hospital psiquiátrico e o pessoal não quer deixar que Mark a veja. Ele suborna um cara e consegue conversar com Angela, mas não obtém muitas informações, apenas um endereço.

O tal endereço leva Mark a descobrir que Joe era um padre antes de entrar para o Programa. Mark volta para falar com Angela e ela surta loucamente, dizendo que a cidade é o Programa.

Blackhan tem a oportunidade de sair da cidade e decide ficar (oi???).

Persons Unknown – Smoke and Steel (S01E07)

Joe dá uma surtada e começa a passar spray em algumas câmeras espalhadas pelo quarto. Janet começa a questionar e ele diz que a intenção deles é boa. Ele ainda diz que foi sequestrado, assim como todos lá.

No hall, para variar, Blackhan se descontrola e começa a brigar com Joe, os dois caem na porrada e precisam ser separados. Bem, a discórdia foi semeada. Ninguém sabe mais em quem confiar.

Blackhan tem a brilhante idéia de fazer de Joe um refém. Janet é contra, mas o resto do pessoal até que aprova a idéia. Então Blackhan e Erica ficam jogando Joe contra a barreira magnética até ele desligá-la, coisa que ele não pode fazer.

Mark começa a descobrir o que está se passando. O embaixador, pai de Tori, fala sobre a organização e diz que só uma pessoa saiu com vida ap´s se envolver nela: uma médica, que vive na América do Sul.

Janet e Erica invadem o quarto de Joe e descobrem os arquivos com todos os seus registros. Aí eles decidem fazer dele um refém, o trancando na cadeia da cidade.

Charlie resolve subornar Joe para que ele o tire de lá. Joe, por sua vez, recusa. Mas promete ajudá-lo quando ele o libertada cadeia. Na saída, Tom os aborda com uma arma na mão e manda Charlie embora. Ele não vai e na confusão é baleado e Tom morre queimado.

Persons Unknown – The Truth (S01E06)

Graham começa a desconfiar de Joe (afinal, ele sumiu bem na hora em que estavam tentando salvar Janet do cofre e reapareceu assim que a porta foi aberta). Ele acha que Joe está fazendo cena para os outros pensarem que ele também é um refém. Moira concorda.

Mark recebe ameaças, dizendo que sua namorada está em risco. Ele vai atrás dela e uns caras tentam matá-los, mas eles são salvos por um cara que pede que eles o sigam. Eles são despachados para Roma, onde Mark não consegue se manter longe de problemas. Lá ele conhece o noivo de Tori, que vê semelhanças entre os sumiços dela e de Janet.

Erica e Bill não se entendem. Ela parece estar caidinha por Janet e Tom, o coreano das câmeras, trata logo de tirar uma com Joe, que quer saber se os superiores já mandaram algum recado. Quando vai voltar para o hotel, dá de cara com Erica, que logo desconfia que Joe está escondendo algo.

Janet vai passear com Joe e bem na hora em que ela pergunta onde eles estão, Joe começa a passar mal, como se tivesse sido envenenado. Erica dá vodka para que ele fique bom e consegue arrancar dele a verdade, que ele é um dos que está por trás de tudo.

Mark, disfarçado de padre, consegue entrar no escritório de Franklin e encontra uma foto de Tori com Janet e Joe no cativeiro. Ele mostra para Eleanor e os dois quase são vítimas de um atentado.

Persons Unknown – Incoming (S01E05)

E lá está o coreano maníaco que fica por trás das câmeras só observando. Do nada chega Joe na sala de comando e o coreano o manda de volta, dizendo que ele não pode ficar quebrando o protocolo assim. E os dois também estão sendo observados.

Quando todos acordam, dão falta de Tori e vão procurá-la. Na rua, encontram uma moça usando suas roupas enquanto a verdadeira Tori é encontrada morta.

Moira começa a desconfiar que tudo pode ser coisa de um deles (e ela pode estar parcialmente certa). Ela fica se perguntando o que aconteceu com Tori e, na TV aparece que ela chegou bem em casa.

Do nada, Erika, a moça que está no lugar de Tori, acorda e, após bater em Janet e Joe, sai correndo que nem louca (para onde, não sei, pois o cenário sempre acaba). A mulher parece um bicho, só chuta e age estranhamente. Depois que ela dá uma surra em Bill, ele vai pedir arrego a Charlie, que aproveita para se vingar (Charlie, you’re my hero). Erika acaba ficando presa em um cofre de banco com Janet e Joe vai até o coreano pedir que ela seja solta. Ele nega e as duas ficam lá se engalfinhando, mas Janet, claro, leva a melhor. Quando elas se acalman, Erika conta que foi executada com uma injeção letal em uma cadeia no Texas (e sobreviveu para contar a história?). Enquanto isso, Joe vai, mais uma vez, tirar satisfações com o coreano.

Persons Unknown – Exit One (S01E04)

Bill vem se mostrando cada vez mais um grande filho da puta, ameaçando Charlie com seu segredo. No meio da discussão, o gerente os chama para avisar que um deles sairá naquele dia. De repente chega um taxista e diz que vai levar Janet e mais um. Ela escolhe Joe e os dois parecem que vão embora. Só que no meio da estrada o pneu do carro fura e o taxi é arrebentado por um caminhão em alta velocidade.

Mark começa a perceber que está sendo vigiado e seguido. Ele fica meio estranho quando ligam avisando que sabem sobre sua esposa e filha (porra, Mark, vc é o marido da Janet?!?!?).

Tori resolve que vai seduzir o gerente para tentar escapar do hotel. Claro que não dá certo. Ela tenta transar com Bill e ele não aceita. Aí ela surta no meio da cidade, dizendo que seu pai a usava para conseguir negócios.

Janet e Joe ficam vagando no meio do nada até que encontram uma cabana e resolvem se abrigar. No dia seguinte, eles acordam com o lugar infestado de abelhas, às quais Joe é alérgico. Eles conseguem sair da casa mas quase são atropelados pelo caminhão que destruiu o taxi. E eles andam, andam, e voltam para a cidade fantasma.

Alguém, por favor, dá um jeito no Bill? Ele está enchendo o saco com essa manipulação toda. Ah, sim! Charlie já está cuidando disso…

Um taxi aparece e Tori acha que seu pai mandou alguém para resgatá-la.

E no final do episódio, uma revelação surpreendente!