Monk – Mr. Monk and the Captain’s Marriage (S04E12)

Um cara presencia uma briga em um ferro velho que, aparentemente, termina em morte e avisa a polícia.

Monk vai até lá, enganado por Stottlemeyer dar uma olhada. Quando Karen, a esposa do capitão liga, um dos policiais insinua que tem algo com ela e os dois acabam brigando. Em casa, ele está todo desconfiado e acaba rolando um DR entre ele e a esposa.

Stottlemeyer é tirado do caso e Disher assume o comando das investigações. Enquanto isso ele é mandado para um grupo de controle de raiva e manda Monk seguir a mulher.

Monk descobre que a esposa do capitão está se encontrando com um cara, mas graças a uma das manias do detetive eles não conseguem muitas informações.

A única testemunha, o cara do ferro velho, quase é morto pelo assassino, que o joga da janela do terceiro andar de um prédio. O cara sobrevive e fica no hospital por um tempo. Até que se recupera e vai fazer o reconhecimento. Lá, ele reconhece um dos policiais como culpado pelo assassinato no ferro velho e por ter tentado matá-lo.

Stottlemeyer tenta se desculpar com a mulher, mas o casamento deles já está mais para lá do que para cá e ela pede o divórcio.

Monk – Mr. Monk Bumps His Head (S04E11)

Monk segue uma pista sobre Trudy, é atacado, batem em sua cabeça e o colocam em um caminhão. Ele acorda com amnésia (mas não perde suas manias) em uma cidade estranha e terá que resolver um crime no local, de uma moça que sumiu e um cara que entrou com o carro em uma fazenda de abelhas (participação de Michael Shalhoub). Além disso, ele tem que lidar com uma louca que diz ser sua esposa, e como ele está com amnésia, acredita (quando ela o obriga a transar e ele diz que está tendo um caso com uma tal de Trudy é o melhor do episódio!).

Monk – Mr. Monk Goes to a Fashion Show (S04E10)

Monk vai comprar uma camisa nova e acha que aconteceu algo com a pessoa que inspeciona as camisas, pois a sua está com um furo e mal costurada. E não é que é verdade? Monk não se concentra no caso em que deveria estar trabalhando e só pensa na inspetora número 8. E decide então ir atrás dela. Não para ajudá-la, mas paar pedir que ela volte a fazer seu trabalho dignamente.

Acontece que a mulher está preocupada com o filho, que foi preso injustamente. Natalie convence Monk a dar uma olhada no caso e eles vão até a prisão falar com o cara,que jura que só entregou umas roupas no quarto da modelo morta.

Monk vai falar com uma modelo, a melhor amiga da vítima, e com o dono da agência para que ela trabalha, que se torna o principal suspeito.

Monk – Mr. Monk and the Secret Santa (S04E9)

Um policial morre ao beber um vinho envenenado na festa de fim de ano da delegacia. A garrafa foi endereçada a Stottlemeyer, que não bebeu por não gostar de vinho do porto e resolveu reciclar o presente que tinha recebido.

Então Stottlemeyer começa a listar todas as pessoas que poderiam qurê-lo morto e se lembra do irmão de um cara que prendeu e que tentou matá-lo anos antes. Monk vai até a casa de sua família investigar. Como não consegue nada, ele e Natalie se disfarçam de Papai Noel e duende em um shopping para tentar pegar informações com a filha do cara.

Quando eles descobrem que não foi ele que tentou matar o capitão, eles voltam à estaca zero. Até que Monk se lembra do cartão que recebeu.

Monk – Mr. Monk and Little Monk (S04E08)

Uma antiga colega de Monk, por quem ele era apaixonado no colégio, vai até sua casa pedir ajuda, pois sua casa foi invadida e sua empregada, morta. E os caras apenas estragaram uma pintura valiosa.

E aí o episódio vira uma sessão flashback, mostrando como Monk era na escola (pronto! resolvido o mistério de onde saiu a idéia para a websérie “Little Monk” – até o ator que interpreta Monk quando jovem é o mesmo!).

Natalie convence Monk a chamar a amiga para sair, mas ele não consegue… exatamente como no colégio.

Monk – Mr. Monk Goes to a Wedding (S04E07)

O irmão de Natalie vai casar e ela não quer ir à festa, pois não tem um par e sua família a estressa muito com essas coisas de estar sozinha (e qual família não faz?). Além disso ela conta que sua família é dona de uma das mais famosas empresas de creme dental, mas são muito… bem, ela meio que é a ovelha negra da família e eles não se dão. Após muito considerar, ela leva Disher.

Lá, coisas estranhas começam a acontecer com Disher, como quase ser morto ao ser atingido por um carro no estacionamento do hotel. Monk e Stottlemeyer vão investigar e Monk afirma que o culpado é alguém da família de Natalie.

Stottlemeyer se disfarça de fotógrafo e tira fotos dos convidados para mostrar a Disher, que, por fim, reconhece a noiva como uma estelionatária que matava os marido pela herança que ele havia prendido anos antes.

Monk – Mr. Monk and Mrs. Monk (S04E06)

Monk está impaciente na recepção do consultório do Dr Kroger e decide ligar para Natalie, que ficou de arrumar uma foto de Trudy, que estava arranhada. Quando termina de falar com Monk, ela vê a própria Trudy entrando na lanchonete. Ela vai conversar com um tal de Zach sobre uma chave que ela quer muito e Natalie trata de prestar atenção.

Na terapia, Monk acha que já é hora de dar um passo adiante e está feliz com isso. Até Dr Kroger fica emocionado com o progresso.

Natalie começa a jogar uns verdes para ver se as informações que ouviu de Trudy batem. Então a boba vai investigar por conta própria e, claro, dá tudo errado! Ela conta ao capitão que viu a falecida. Enquanto isso, Trudy discute com Zach sobre a chave e ele acaba morrendo. Monk insiste em investigar a cena do crime e percebe o que se passa. Então Natalie conta a ele o que sabe e ele se desespera.

Monk vai ao cemitério e tem certeza que essa mulher que se diz Trudy não é a sua esposa, que está bem morta e enterrada. Nós ficamos sabendo que Trudy na verdade é uma atriz que está sendo pressionada e que não quer mais se passar por Trudy.

Enfim, a tal chave servia para abrir um depósito e Monk vai até lá com Natalie para descobrir o conteúdo. Eles descobre que um cara que era informante de Trudy, está por trás de tudo.

Tony Shalhoub estréia peça na Broadway

Monk mal acabou e Tony Shalhoub já está com novo projeto: ele está em “Lend Me A Tenor”, nova montagem da antiga peça da Broadway, em cartaz a apertir do próximo dia 04.

“Lend Me A Tenor” fala da um cantor de ópera italiano que desaparece em combate, sua esposa ciumenta, um empresário apoplético e seu assistente.

O diretor Stanley Tucci traz Anthony LaPaglia como o tenor, Tony Shalhoub como o empresário, Brooke Adams (esposa de Tony Shalhoub) como Julia, a esposa e Justin Bartha como o assistente.

Confira as fotos:

Monk – Mr. Monk Gets Drunk (S04E05)

Um cara está tomando banho. Quando sai do banheiro, um outro cara o chama pelo nome e diz que já havia matado alguém naquele quarto uns anos antes. Ele pede um dinheiro de volta, mas, como o cara não tinha, coitado, foi para o saco. Mas não sem antes dizer que o comparsa estaria com a grana em São Francisco.

Monk vai passar um fim de semana em uma pousada que tem uma vinícola. Ele vai lá todos os anos, pois prometera a Trudy. Ele fica lá, na sala de estar, relembrando os momentos em que estava com ela, essas coisas bobas que a gente adora. Bem no meio da “viagem” chega um cara muito mala. Uma daquelas pessoas que entraram na fila para ser inconveniente várias vezes! Ele diz a Monk que, caso tenha ressaca, o procure no quarto 202 que ele tem um ótimo remédio para isso.

O detetive toma um gole do vinho e fica doidão. Até de ressaca ele acorda no dia seguinte (esse vinho é do bom!). Então, Monk vai procurar seu amigo que tem o remédio milagroso e, para sua surpresa, ninguém, além de Monk, viu ou falou com o cara. Ele não se convence e começa a investigar.

Tudo indica que Monk está meio doido, mas ele insiste em provar que está são – e que alguma coisa aconteceu no lugar, embora tudo pareça indicar o contrário.

O assassino da primeira cena aparece com uma foto do sujeito que Monk jura ter conhecido, dizendo que aquele é seu irmão, que ele está fugindo porque deve dinheiro e Monk se empenha em ajudar a encontrá-lo. Só que ele percebe que há algo muito errado com o cara, que ele e o desaparecido não são irmãos e decide embebedá-lo para descobrir a verdade. Monk pede no bar um vinho não alcoólico para acompanhar, mas, por um descuido da garçonete, Monk entorna uma garrafa de vinho normal. E aí ele começa a desabafar com o cara. Hilário!!!

Mas, mesmo bêbado de cair, Monk consegue resolver o caso!

Monk – Mr. Monk Goes to the Office (S04E04)

Um cara está escondido no estacionamento e mata um seguraça só para quebrar a mão de um analista, fechando-a na porta de seu carro.

Natalie acha que Monk deve se enturmar mais, e ele prepara alguns flashcard para ajudar, mas não ajuda at all!

A vítima marca uma reunião com Monk e Natalie. Bem, ele parece interessado em Natalie e Monk não gosta nada disso. Para completar, ele contrata Monk para trabalhar disfarçado e tentar descobrir alguma informação sobre o agressor. Só que ele acaba encontrando o paraíso e meio que se esquece de investigar a firma.

Dentre os seus colegas de escritório está um que não se encaixa. O cara não fala com ninguém e é um tipo muito estranho. Sua maior vitória na vida seria vencer o time de boliche do escritório, mas seu único bom jogador está com a mão quebrada. Mas Monk assume a vaga em aberto e quase arrasa com o time do mala, que ganha por Monk ter se recusado a usar sapatos alugados. E de repente ele não é mais da “turma”. E graças a isso consegue desvendar o caso.