FlashForward – Blowback (S01E13)

15 anos atrás.

Tracy está indo visitar o pai na cadeia. Ele está para conseguir a condicional, mas logo que a menina vai embora, um carcereiro o fica tentando, falando que a filha é gostosa, coisa e tal – nem precisa dizer que ele não consegue sair de lá.

No presente, ela ainda está fugindo dos tais caras de Jericho.

Zoey ainda está preocupada e com medo de Demetri morrer (e isso já está ficando chato). Ele diz que tem tudo sob controle, mas ela não acredita – e vai tomar satisfações… com Mark! Não satisfeita, ela vai até o FBI falar com o chefe de Demetri. Gente, a cada episódio que passa essa série fica mais sem noção!

E voltamos de novo no tempo. Dois anos atrás, Aaron recebe a visita dos oficiais para informar que Tracy havia morrido em combate.

Mark chama Lloyd para mostrar a foto de D Gibbons e ver se ele sabe de alguma coisa. Lloyd diz que não e Mark o leva até sua casa (!) para que Lloyd mostre tudo o que viu durante o apagão (!!!). Eles falam sobre uma fórmula e o que poderia vir a partir dela. De tanto insistir, Mark acaba fazendo Lloyd confessar que conhece D Gibbons. Bem, eles conversam a acabam ficando amigos (comofas ficar amigo do cara que vai dormir com a sua mulher?).

Janis vai ao médico e recebe a notícia de que oferimento do tiro pode atrapalhar sua gravidez e que, portanto, seria melhor esperar para realizar a inseminação.

Tracy está em casa cozinhando quando é sedada, encaixotada e levada embora. Aaron chega em casa e percebe que contar o paradeiro da filha não parece ter sido uma boa idéia. E ele resolve fazer justiça com as próprias mãos.

FlashForward – Revelation Zero (S01E11E12)

Episódio duplo.
E mais uma vez começamos relembrando os acontecimentos (apagão, as visões, enfim, aquilo que eles repetem em todos os episódios, para o caso de alguém esquecer).

Olivia está depondo sobre o sequestro de Lloyd e Mark está se explicando sobre o ocorrido em Hong Kong.

O chefe de Mark o afasta do FBI e o manda procurar uma psicóloga. Quando ela der alta, ele volta à ativa. Mark obedece, mas não sai sem antes fotografar todo o mosaico, para o remontar em casa. Na saída encontra Simon, que está com o video das câmeras de segurança que mostram Olivia abraçando Lloyd. Se explica aí, Olivia…

Simon agora está colaborando com a equipe do FBI e está ajudando a tentar encontrar Lloyd, que, por sua vez, está sendo mantido num porão.

A psicóloga de Mark diz que tem como expandir suas memórias do dia do apagão, já que ele estava bêbado e não se lembra de tudo. Ele fica de pensar no assunto. Mas acaba aceitando o desafio.

Janis sofre um atentado e Simon é levado para o mesmo lugar de Lloyd. Lá, um “really bad guy”, Flosso (coisa mais ridícula a cena desse cara cehgando e dizendo que é um vilão), interroga Lloyd para saber como produzir um novo apagão. Parece que um acelerador de partículas (LHC?) foi a causa de tudo. Ou melhor, segundo Flosso, ele teria amplificado o efeito de alguma coisa.

Lloy tenta improvisar um pedido de ajud apara colocar na janela do lugar onde ele e Simon estão, mas o papel acaba voando e se perdendo.

Mark toma o remédio e tem uma “lembrança ampliada” de sua visão. No mosaico, vemos o papel que Lloyd escreveu e voou pela janela. O telefone de Mark toca e ele fala com lloyd, o mandando “go to hell”. Aí, mais adiante, o conteúdo da conversa é revelado: parece que Lloyd recebe um torpedo e liga para Mark para dizer que D. Gibbons mentiu para ele. Mark responde dizendo que nada vai adiantar, pois vai acontecer outro apagão (cara, como eles estão se perdendo na história).

Ainda sobre o papel que voou pela janela, o cara muito mau encontra e volta para torturar Lloyd e Simon mais um pouco.

Nicole tem certeza que viu o cara que a torturava em sua visão no hospital e uma das enfermeiras sugere que ela procure um grupo de apoio para pessoas que estão confusas sobreo que viram. O cara que ministra as palestras a acaba convidando para jantar. Ela aceita, mas leva Bryce para ficar observando à distância. Ela conta ao cara sobre sua visão, que a pessoa a afoga e ela acaba morrendo. Ele a tranquiliza, dizendo que ela pode apenas ter desmaiado, coisa e tal.

Mark decide investigar por conta própria as pistas que viu no mosaico do futuro. E acaba encontrando Lloyd, mas não antes dele contar tudo a Flosso.

Descobrimos quem é o suspeito zero.

Voltamos ao dia do apagão. Simon está enterrando seu pai quando é levado ao estádio em que um jogo de baseball está acontecendo. Pelo celular, ele recebe ordens de sentar, pegar uma caixa com um anel dentro e colocar no dedo. Pronto! Ele está imune ao apagão! Na saída do estádio, lá estão Flosso e um capanga.

No presente, ele está no hospital. Olivia lhe faz um curativo e Janis o leva embora, “para sua proteção”. E ela cai no truque mais velho do mundo. Duas vezes. Sorte que Janis é meis esperta que ele! Na verdade, ele queria se ncontrar com um antigo prpofessor, seu orientador durante o projeto de criação do acelerador de partículas. ele queria ajuda para que o segundo apagão não voltasse a ocorrer. Ele vai para a casa da mãe, com Janis junto. E, para surpresa geral, quem aparece para jantar? O tio Teddy! Ou melhor, o sujeito muito, muito mau, Flosso.

Mark está interrogando Lloyd. Como um já não vai com a cara do outro, a coisa não transcorre “amigavelmente”.

AXN exibe maratona FlashForward

Dia 21 de março, domingo, o AXN dá um presente aos fãs de “FlashForward”. A partir das 15h, o canal fará uma supermaratona com os quatro primeiros episódios da série. Com essa iniciativa, os fãs que perderam algum capítulo ou os telespectadores que querem acompanhar a trama terão a chance.

Em “FlashForward”, um dia aparentemente normal se torna um pesadelo quando todas as pessoas da Terra perdem a consciência por 2 minutos e 17 segundos, sem qualquer explicação. O acontecimento fica ainda mais curioso quando elas compartilham da mesma experiência: durante o desmaio todos tiveram visões de um trecho de seu próprio futuro, seis meses adiante – um flashforward global.

As revelações pessoais contidas nos flashforwards ocupam a vida de cada um dos personagens principais. Para alguns o futuro será feliz e esperançoso; para outros, surpreendente e inesperado; e para poucos, ele parece não existir. Saber o futuro vai alterar a vida de cada pessoa de um modo ou de outro e levantará questões delicadas sobre o destino e suas consequências.

O AXN exibe a Maratona “FlashForward” dia 21 de março, domingo, às 15h.

Criador de FlashForward deixa a série

David Goyer deixou a sua função de showrunner de FlashForward, confirma a emissora ABC.
Goyer, um dos criadores da série, continuará envolvido com o projeto, que tem como protagonista Joseph Fiennes, como produtor executivo.
Numa declaração, David disse que a decisão veio de encontro a novos projetos e assim que percebeu que tinha assumido muitas responsabilidades, decidiu dar o seu cargo em FlashForward a outra pessoa. Apesar disso, ele disse que está orgulhoso da série e que a mesma está em boas mãos.
Goyer tornou-se o único showrunner em Outubro do ano passado após Marc Guggenheim sair da série, gerando alguns boatos de que a sua saída estaria relacionada com o fato da ABC estar descontente com a direção criativa que o programa estava tendo. Atualmente não se sabe quem irá substituir Goyer.
As filmagens estão ocorrendo em Los Angeles, estando no décimo sétimo e oitavo episódios. Na TV, FlashForward começou uma pausa de quinze semanas em dezembro passando, voltando com os treze episódios restantes no dia 18 de março.

FlashForward – A561984 (S01E10)

Demetri e Mark vão etá Hong Kong tentar obter informações sobre a pessoa que disse que Demetri seria assassinado. Já no aeroporto são recepcionados por um agente que os aconselha a voltarem dali mesmo, mas eles resolvem insistir e arriscar.
Lloyd faz o pronunciamento assumindo a culpa pelo blackout. Segundo ele, o acelerador de partículas que sua empresa vem trabalhando foi a causa do apagão.
Zoey está disposta a fazer o que for preciso para que o que ela viu (e acha que é seu casamento) se torne realidade. Para isso convida os pais de Demetri para a cerimônia. Porém, quando vai ao funeral de uma colega, percebe o verdadeiro significado de sua visão e se desespera (suspeitava desde o princípio!).
Simon vai até Stanford e os dois conversam sobre o apagão e culpados. Umas fotos são mostradas e Simon reconhece uma de suas invenções, que já estaria pronta antes dele a projetar. Então o nome de D. Gibbons aparece e Simon promete ajudar com informações.
Janis vai até Lloyd no hospital e pede que ele vá até o FBI dar mais detalhes sobre o blackout, mas ele se recusa.
Com um pouco de “conversa”, Mark consegue informações sobre a mulher e vai, junto com Demetri, atrás dela. Ela diz que o fato deles estarem lá atrás dela pode acelerar a morte de Demetri, que acontecerá pelas mãos de Mark. Ela afirma isso dando o número de série da arma de Mark (ok, mas, para mim, isso não quer dizer que ele vá atirar – ela parece estar “semeando a discórdia” entre eles por alguma razão). Mark acaba sequestrando-a e mobilizando a polícia local.
Olivia começa a ser mais simpática com Lloyd (sei…) e Janis pensa em procurar um banco de esperma.
Quando Dylan está para ser transferido de hospital, a gente descobre que, na verdade, a ambulância era fachada e Lloyd é sequstrado, ficando o menino com Olivia.

FlashForward – Believe (S01E09)

Bryce descobre que está em metástase. Como acontece com qualquer pessoa que recebe uma notícia dessas, ele fica meio desnorteado e até bate o carro, descontando sua raiva.

E lá vamos nós para mais uma viagem no tempo. Duas semanas antes do blackout, no Japão, uma mulher participa de uma entrevista de emprego. Nos EUA, Bryce não consegue se concentrar na cirurgia em que está assistindo.

No dia do blackout, Bryce vai tentar se matar e a gente já sabe o que acontece com ele. Ele está no Japão, num restaurante, conversando com a tal moça que estava tentando o emprego.

No presente, ele passa mal no hospital e acaba contando a Olivia o que tem.

Aaron está preocupado com Tracy, pois ela está bebendo mais do que deveria. Para um alcoólatra em recuperação, qualquer coisa é mais do que se deveria. E eles acabam discutindo por isso. Na reunião do AA, Aaron surta quando Mark pergunta se foi ele que enviou a mensagem para o celular de Olivia dizendo que ele estaria bebendo no dia do blackout.

O FBI consegue identificar um símbolo no anel da pessoa que foi vista andando durante o blackout (a mesma marca que está nos anéis que causaram a morte no video que foi parar com eles no episódio anterior).

No Japão, Keiko está entediada com seu trabalho e, para completar, o chefe a chama em uma reunião importante… para servir o chá! E eela pensa seriamente em pedir demissão.

A ligação que Demetri tinha recebido falando sobre seu assassinato é rastreada e identificada como sendo de Hong Kong e ele quer ir para lá buscar mais informações.

Olivia consegue um tratamento experimental para Bryce em Houston. Em vez disso, ele vai para o Japão atrás da moça de sua visão. Ele vai em um restaurante e o pessoal de lá a conhece e diz onde pode encontrá-la. Porém a mãe da moça fica com medo e diz que não a conhece. Ele volta para Los Angeles arrasado, mas, no mesmo voo está Keiko… Mas não, ainda não foi dessa vez que eles se encontraram…

 

FlashForward – Playing Cards with Coyote (S01E08)

Celia recebe a carta de Al e chama a imprensa para divulgar.

Janis volta ao trabalho.

Lloyd assiste a uma reportagem sobre a tal carta de Al enquanto envia um e-mail dizendo que eles tem que assumir a responsabilidade. Então vai encontrar Simon, que acha loucura querer assumir qualquer coisa mas ele insiste no assunto. Simon concorda em assumir caso Lloyd vença um jogo de poker, pois tem certeza que Lloyd vai perder. Só que ele ganha e agora eles estão prestes a revelar o que realmente aconteceu.

Tracy ainda está muito abalada, mas não conta a Aaron o que houve. Ele insiste e ela acaba contando que o ataque que a fez perder uma perna foi feito por aliados, como uma espécie de retaliação por ela ter “falado demais” aos superiores.

Mark e Olivia estão em um fim de semana romântico quando ele recebe um telefonema. Um video foi enviado e um dos envolvidos tinha uma tatuagem que estava em sua visão. Antes de sair ele entrega um presente à esposa: uma lingerie – a mesma que ela usa com Lloyd na visão (ainda acho que o que ela viu faz parte de algum plano do FBI, que a usou como “isca” para atrair Lloyd e conseguir informações). A moça que gravou o video é levada para ser interrogada. Mais tarde, sua loja de pássaros é invadida (provavelmente por um dos caras do video) e Janis, Mark e Demtri estão lá para protegê-la e tentar pegar o cara vivo, mas Mark acaba matando-o e, com isso, acha que mudou seu futuro.

FlashForward – The Gift (S01E07)

Uma mulher recebe um bilhete dizendo que sabem que ela é uma deles. Acontece que ela também não teve uma visão.

Um colega de Tracy procura Aaron para lhe entregar um canivete que fora dela. Ele fica meio confuso, mas acha que isso é a confirmação que precisava de que sua filha ainda está viva e que sua visão é verdadeira. O amigo diz então que viu Tracy morrer. No entanto, o que ele viu foi a perna de Tracy sendo arrancada e “largada” no chão. O que pode ter acontecido é que a perna dela foi enterrada junto com os restos de outro soldado e ela pode sim ainda estar viva.

O noivado de Demetri e Zoey não está indo lá essas coisas, assim como o casamento de Mark e Olivia. Demetri anda muito perturbado com o fato de não ter visto nada durante o apagão e isso está se refletindo no relacionamento deles. De tanto Zoey insistir, de tanta pressão que Maek faz, ele acaba confessando que não viu nada, mas ela garante que ele estava em sua visão (apesar de sua imagem nunca aparecer para a gente).

Mark, Demetri e Al vão seguir a pista dos “blue hands”. Na hora marcada, os três vão para a tal “reunião”. Lá, um velho pergunta quem vai jogar roleta russa e o único que se habilita é Al, conseguindo o “passe” para o “clube”. Lá eles prendem um cara que parece ser o líder da seita.

Lloyd vai procurar Olivia (ele ainda insiste) para aradecer por ela ter cuidado de seu filho e dizer que ele jamais faria algo para atrapalhar a vida dela. Eu tenho uma teoria sobre a visão de Olivia, mas deixa estar…

Al tem certeza que vai matar uma mulher, por causa de sua visão, e resolve se matar. Mais um que muda o curso do que viu.

Jack Davenport não gostaria de saber seu futuro

Jack Davenport revela que não conseguiria lidar um um “flashforward” de verdade.

O ator de “Piratas do Caribe”, que interpreta Lloyd Simcoe em “FlashForward”, admite que não tem vontade de ter uma visão do futiro na vida real.

“De jeito nenhum”, diz ele rindo. “Já tenho medo o suficiente do futuro sem sabê-lo, a ignorância é uma dádiva”.

Ele ainda fala que “há muitos atores britânicos na série”, incluindo Joseph Fiennes, Sonya Walger e Dominic Monaghan.

“Nós não nos suportamos”, brinca o ator sobre seus amigos britânicos. Mas depois completa: “Nada disso, nós nos divertimos”.