FlashForward – Future Shock (S01E22)

Series finale.

Tudo está acontecendo totalmente diferente das visões. Mark está preso, Olivia fugiu para a praia, Keiko está voltando para o Japão.

Bryce vai até a imigração tentar encontrar Keiko e convence a recepcionista (com uma quantia em dinheiro) a lhe dar informações para encontrá-la. Enquanto isso, a mãe de Keiko consegue armar para que ela fuja (na boa, a coisa mais fail que eu já vi na vida!).

Demetri e Janis vão com Simon até o NLAP para tentar evitar outro apagão. Lá, Janis começa a passar mal.

Stanford tira Mark da cadeia. Na volta, eles recebem um telefonema avisando que duas bombas foram encontradas no FBI. Eles vão para lá e Mark encontra Hellinger, que dá sinal para uns caras que vão invadir o escritório (como na visão de Mark).

Olivia tentou fugir para as montanhas a praia, mas Lloyd foi atrás dela. Ele quer “reciar as condições” de sua visão (po, Lloyd, fala logo que você quer pegar a Olivia e para de enrolar) para tentar desvendar sua super equação. E lá vão eles para casa, faltando meia hora para a “hora D”.

Aaron descobre que Tracy não morreu.

Na casa de Olivia, o filho de Lloyd está escrevendo uma equação no espelho. A equação que Lloyd viu em seu flashforward.  Olivia tem um insight e resolve dormir com Lloyd.

Enquanto isso, Stanford tenta impedir que Mark morra.

22h e os flashforwards começam a se realizar.

Nicole bate o carro e cai em um rio. Um cara a salva.

Keiko encontra Bryce.

Janis está fazendo ultrassom.

Olivia e Lloyd estão em clima de romance. Lloyd liga para Mark e avisa que o próximo apagão deve ocorrer em poucos dias.

Simon e Demetri estão no NLAP tentando evitar que o outro apagão aconteça.

Em seu escritório, Mark tem um insight sobre o dia e a hora do novo apagão (que não sei se foi a coisa mais genial ou mais WTF ever!), que será em 12 minutos. Enquanto isso, Vogel está em suavaranda e Olivia o escuta dizer que Mark está morto, pois não teria como escapar do atentado.

E super Mark consegue escapar do atentado, mas as bombas estão para explodir e ele não sabe se vai ou se fica.

Por fim, Mark acaba com os caras que tentavam matá-lo e corre para sair do prédio. Nesse meio tempo, outro apagão acontece e o prédio do FBI explode.

Se a série tivesse sido renovada, acredito que essa seria a grande questão, se Mark morreu ou não. Porém, como não teremos outra temporada para explicar o que houve, o único flashforward que aparece “com detalhes” é o de Charlie, em 2015, dizendo que “o encontraram”. Possivelmente Mark teria “desaparecido” e voltado daqui a cinco anos.

Série ruim, final clichê, mas valeu. Não aguentaria largar a série no meio sem saber que fim levou.

FlashForward – Countdown (S01E21)

Finalmente chegou 29 de abril!

A filha de Mark se lembra que hoje é o dia em que seu pai vai morrer.

Simon pede ajuda a Janis para acessar o computador do NLAP e tentar evitar outro apagão.

Hellinger está no FBI e pede para falar com Mark. Ele explica qeu já viu aquela cena várias vezes e que, em todas elas, Mark perde a cabeça e a coisa começa a desandar, com o agente sendo morto. Ele diz que, apenas se for solto, Mark terá uma chance. Claro que Mark não o solta e ainda o espanca.

Bryce está para passar a noite com Nicole, que não contou sobre Keiko, que, por sua vez, está presa na imigração. Nicole não aguenta e conta a Bryce a verdade, mas a mãe de Keiko chega antes na imigração.

Demetri vai ao aeroporto e conta à noiva sobre o bebê de Janis. Ela fica arrasada e termina tudo. Ele vai até a casa de Janis e a encontra com Simon. Há uma luta e Demetri acaba levando Simon. Não para o FBI, mas para o labiratório com Janis.

Aaron encontra a filha, mas ela morre. Dessa vez, de verdade.

Mark vai para a rua, onde está acontecendo uma grande festa e um cara lhe dá um cantil de bebida. Pronto, ele começa a beber de novo e o resto a gente já sabe.

Tudo indica que as visões não vão se cumprir, mas ainda temos mais um episódio antes do fim da série.

FlashForward – The Negotiation (S02E20)

Stanford está fazendo seu discurso habitual no FBI: “On October six the planet blacked out. The whole world saw the future…”. Afinal de contas, falta um dia para dia que todo mundo viu.

A imagem do suspeito zero parece ter vazado e é exibida na TV. Porém, é uma imagem diferente, feita de um outro ângulo.

Simon está super disfarçado com óculos e chapéu em um bar quando uma mulher chamada Lita o reconhece e diz ter uma proposta. Ela o leva ao chefão da gangue que, segundo ela, são os únicos que podem ajudá-lo. Ele faz uma proposta, mas Simon não aceita.

A noiva de Demetri já está perturbando para eles se casarem no dia seguinte, o dia “D”. Ele diz que não pode, mas ela insiste.

Gabriel está no FBI tentando mexer no Mosaico. Ele carrega um livro consigo, no qual havia desenhado o mural anos antes. Ele também diz que já estivera lá com Dyson Frost, o que deixa Mark intrigado. Quando é interrogado, diz que Fros não fazia os experimentos sozinho, que contava com a ajuda do chefão e mostra até um desenho. Quando Demetri aparece, Gabriel surta, pois ele deveria estar morto – e, como podemos ver, não está.

Janis vai encontrar Vogel e pede para sair, pois não quer matar Mark, mas ele acaba convencendo. Enquanto isso, Demetri quer tomar parte na gravidez de Janis (como assim, demetri? uma vez colocado para fora, seu esperma não te pertence mais. let it go).

No Afeganistão, Aaron está em busca da filha.

Janis está sendo cada vez mais pressionada e acaba entregando que Gabriel está no FBI. Ela fica de dizer para onde vão levá-lo, para qual “safe house”. A van que os transportava é interceptada, mas tio Mark é meis esperto que você e consegue descobrir que Janis trabalha para a CIA.

FlashForward – Course Correction (S02E19)

Lloyd e Simon estão na sede do NLAP quando Simon recebe um chamado e diz que vai para casa. Resta a Lloyd assistir às primeiras colisões do acelerador sozinho. Quar dizer, acompanhado de sua equipe e de uma jornalista. E a gente acompanha o momento do apagão de dentro da empresa que o “criou” (nós já vimos o momento em todos os lugares possíveis, nada mais justo do que acompanhar direto da “fonte”).

De volta ao presente, Lloyd está na TV dando explicações e respondendo perguntas sobre o apagão e o que está por vir.

A irmã de Simon foi sequestrada e ele faz de tudo para reavê-la com vida. Aí o FBI entra no meio para tentar ajudar e descobrem que ele é o Suspeito Zero e nós descobrimos que ele se mandou com o anel, provavelmente para ir até as pessoas por trás de tudo. A garota é resgatada e diz que Simon será o responsável pelo novo apagão.

Bryce está na quimioterapia e Nicole pede para acompanhá-lo nas sessões (acho que a Keiko vai dançar nessa). E como não poderia deixar de ser, ele está curado! E resolve comemorar beijando Nicole, que sabe onde Keiko está, mas decide não contar (safada!).

Um cara que deveria ter morrido em um determinado dia, mas escapou, aparece envenenado. E ele havia recebido convite para um encontro dos “Blue Hands”. Coincidência? Bem, o fundador da “irmandade” resolveu matar todo mundo para tentar corrigir o curso das coisas e manter o equilíbrio.

Olivia e Lloyd estão mais do que juntos. É, Mark, a coisa não anda nada boa para o seu lado, mas se afogar na bebida não é nada legal. Quem gostou da notícia foi Gabriel, que viu deu flashforward se tornar (em parte) realidade.

FlashForward é cancelada

Para a alegria de uns (muitos) e tristeza de outros, a ABC confirmou que “FlashForward” foi cancelada.

Porém a série, que desde sua estréia vem sofrendo com a baixa audiência, trocas nas equipes de roteiristas e produção, não foi a única a receber a visita do ceifador.

Além de “FlashForward”, “Scrubs”, “Better Off Ted” e “Romantically Challenged” não ganharão novas temporadas.

A razão apresentada para todos esses cancelamentos foi a que a gente já esperava: baixa audiência. “FlashForward”, por exemplo, vinha se mantendo estável até a pausa durante as olimpíadas de inverno. Depois disso, a audiência só caiu, não deixando outra opção além do fim.

Enquanto isso, nós aguardamos um final digno para a série, que irá ao ar no próximo dia 27.

FlashForward – Goodbye Yellow Brick Road (S01E18)

Janis está conversando com uma mulher, no maior clima. A mulher lhe oferece uma oportunidade de mudar de carreira.

Os agentes sabem que devem continuar as investigações, agora com menos informações, pois Frost foi morto antes de dar qualquer pista.

O cara esquisito que abordou Olivia no episódio passado aparece na sua cozinha dizendo que a conhece, que Lloyd é seu verdadeiro marido e que ela não deve comprar café. Ela se desespera e o cara não fala nem a metade do que queria. Mas ele não deixa de se fazer entender e explode uma barraquinha de café.

Revendo fotos antigas, Olivia descobre o cara de robert em várias delas. E fica mais apavorada ainda.

E lá vamos nós em mais uma viagem no tempo – dois anos antes do blackout. Janis está em uma loja comprando peixes… um papo muito estranho sobre peixes e trabalho. Bem, Janis leva cópias do projeto encontrado com Frost para várias pessoas analisarem e a moça da pet shop manda que todas elas sejam destruídas, sem dizer o porquê. Ela tenta fazer isso, mas quando vai buscar a cópis do FBI na sala de Mark, é flagrada e inventa uma historinha para despistar Mark.

Em um segundo flashback, a gente descobre que Janis é mesmo uma agente duplo. No presente, ela é requisitada para matar Mark.

Aaron está no Afeganistão tentando encontrar a filha e quase morre em um atentado.

Mark junta umas pecinhas e encontra um anel “flashforward” escondido em uma peça de xadrez pendurada no mosaico.

Olivia vai até um hospital psiquiátrico desativado, onde o amigo autista esteve internado. Lá, ele diz que fez parte de um experimento conduzido por Frost. Ele fez as cobaias passarem por vários flashforwards – e em todos eles Olivia estava com Lloyd. Mark teria sido um erro (eu sempre soube que Mark era um acidente de percurso).

FlashForward – The Garden of Forking Paths (S01E17)

Demetri está em um lugar muito estranho, sob a mira de um laser que, ao mais leve movimento, aciona a arma que disparará bem no meio do seu peito. Situação tensa!

Frost aborda Charlie no parque e pede a ela que entregue a Mark uma figura, na qual um encontro era marcado para que Demetri fosse “devolvido”. O pessoal do FBI até tenta, mas a menina nãoconsegue dar informações muito relevantes.

Zoey vai até a cadeia tentar alguma informação que possa ajudar a encontrar Demetri, com a mulher que diz saber muitas coisas sobre ele. E o máximo que elaconsegue é saber que o corpo de Demetri será jogado na construção 7.

Seis meses antes do apagão, Frost acerta os últimos detalhes para o experimento. Caso o acelerador de partículas consiga criar matéria escura, o apagão será bem sucedido.

No “cativeiro”, Frost explica a Demetri que ele está naquela situação porque, nas diversas vezes em que ele criou apagões, acabava sendo morto pelo agente, de várias formas possíveis. Mantê-lo ali seria um jeito de tentar fazer com que o futuro se modificasse e os dois saíssem vivos dali.

No tal “encontro”, Frost manda um garoto entregar uma mochila para Mark, com uma foto de Demetri e um celular. Pelo telefone, ele dá informações de como proceder para que ele se renda. Ele vai até o meio do nada. Lá está Frost, com uma arma, obrigando Mark a colocar algemas e a seguí-lo. Mas o super Mark consegue dominar Frost. Antes que Mark faça qualquer coisa, um sniper atira em Frost e o mata. Mas graças ao GPS, Mark chega ao cativeiro de Demetri e tem pouco tempo para salvá-lo.

FlashForward – Let No Man Put Asunder (S01E16)

Que lindo! Dois anos antes do apagão, Mark dá as boas vindas aos novos agentes.

De volta a 12 de março de 2010, Mark e Demetri interrogam Marcie. Demetri está um pouco alterado, por conta da proximidade de sua morte e Mark acha melhor dispensá-lo e chamar Janis para ajudar (justamente a Janis! claro!). Eles conseguem que Marcie diga que um homem a procurou três meses antes do apagão e a colocou no “esquema”. E, segundo sua visão, ela vai levar a informação para a cadeia.

A arma do Mark, que vai (ou não) matar Demetri e que foi roubada, foi usada em um assassinato. O cara entrou em um abrigo, a vítima disse que sabia que ele iria lá, ele atirou e saiu. Mark acha que Marci pegou a arma e Demetri vai que nem um louco atrás dela para pegar informações.

A vice presidente do país vai procurar Stanford para saber o que o FBI queria pesquisando sobre o Jericho. Ela diz que eles podem ser os responsáveis pela queda do presidente e quer qualquer informação possível. Então ele vai atrás de Aaron e faz uma proposta: o FBI encontrar sua filha em troca de informações.

O assassino do abrigo está fazendo reféns em um ponto da cidade. Adivinha quem vai negociar com ele? Demetri engana o assassino e acaba matando-o. E resolve fugir com a noiva. Porém, antes que consiga casar com ela para fugir, ele é sequestrado.

Charlie leva Olivia parao parque, pois havia marcado com Dylan e seu pai. A menina cai, se machuca e Lloyd ajuda a cuidar dela. Olivia passa na casa dele para agradecer e os dois acabam se beijando (como assim, Bial?).

FlashForward – Queen Sacrifice (S01E15)

Três anos antes do apagão (e lá vamos nós viajar no tempo…).

Mark relembra de quando lhe foi oferecido um cargo novo no FBI e aceitou para não perder Olivia e Charlie.

No presente, ele está saindo de casa e Charlie lhe dá uma nova pulseirinha de amizade (pois ele jogou a outra fora). Então, no FBI, a galera analisa a fita encontrada na Somália, que teria sido gravada 19 anos antes. Nela, D Gibbons diz que já teve inúmeras visões e que sabe de Dimitri e ainda cita o Mark.

Simon e Lloyd ainda discutem sobre o apagão.

Cara, que viagem! Enquanto D Gibbons é dado como morto, Mark acha que ele está vivo e procura em um site de campeonato de xadrez que ele participava e descobre uma mensagem codificada com um número de telefone, que só as mentes doentias de Mark e Demetri conseguem decodificar. O cara estaria vivo, afinal. E com um contato em São Francisco. Só que a informação vaza e ele morre. Com isso, todo o escritório está sob investigação para descobrir quem é o traidor.

Keiko, a japa da visão de Bryce já está no restaurante à sua espera. Quando se cansa da espera do dia, vai dar uma volta e vê um bando de caras que modificam os carros. Putz, esqueci o nome que se dá, mas enfim, ela acha aquilo o máximo e tenta se enturmar. E acaba conseguindo um emprego em uma oficina mecânica, mas é presa pela imigração logo no seu segundo dia, coitada!

Enfim, é descoberto que o vazamento de informações vem da sala de Mark. E aí começa o BBB FBI. Quem será o eliminado? Demetri ganha a imunidade. Todo mundo fdica sabendo que Curdy joga Farmville RPG online. E Janis vai para o paredão e indica Marcie para ir com ela, apontando seus podres no confessionário. Mas eu apinda aposto no Vogel (ninguém com esse nome pode ser confiável).

Olivia está passando o dia com Charlie no parque. E lá está um cara seguindo as duas. Olivia é esperta (?) e percebe. Então ela descobre que o cara foi mandado por Mark (novidade!).

E a eliminada no BBB FBI é Marcie, que tenta fugir, mas é pega por Janis, que parece jogar nos dois times.

FlashForward – Better Angels (S01E14)

Demetri e Janis vão à Somália com Simon e Vogel para tentar recolher informações sobre o apagão de 1991 e as  torres que Simon desenvolveu. Chagando lá, no maior estilo “entrei numa favela crioca por engano”, são recebidos a tiro pelo chefão, que, vejam só, fala inglês (e resolve matar o intérprete só por causa disso). O cara é mau, muito mau, mau mesmo e diz que vai matar todo mundo! Mas os nossos heróis conseguem bolar um jeito de sair de lá são e salvos. Mas eles não contavam com a astúcia do chefão – e lá vamos nós contar a verdade, dizer que eles são agentes e que estão investigando a torre.

Com muito custo Janis consegue convencer o chefão de que ele será responsável por parar a guerra e ele os deixa entrar na torre. Lá dentro, eles encontram um video cassete com depoimentos de pessoas sobre o primeiro apagão, inclusive da mãe do todo poderoso.

Bem, eles descobrem que as torres, na verdade, formavam um acelerador de partículas que serviu de teste para o mega blackout mundial (por issoeu digo: cuidado com o LHC!). Os corpos, ou melhor, os ossos dos moradores da vila são encontrados em um dos compartimentos do lugar. O chefão culpa Simon e tenta matá-lo, mas é morto antes de tentar qualquer coisa.

Nicole diz a Bryce que está pensando em fazer medicina e ele acaba contando a ela que pode não estar vivo quando ela se formar.

Olivia ainda quer se mandar da cidade, para fugir do que viu no apagão. E Mark insiste para que ela conte o que viu em detalhes (isso é o que eu chamo de corno, o resto é brincadeira). Ela não conta, mas pede à filha que conte a sua tão temível visão. A menina, então, conta que viu uns homens se aproximando da casa, dizendo que Mark estava morto. Por isso ela não queria dizer o que tinha visto.

Simon pergunta a Vogel o que ele viu – e nós ficamos sabendo que ele é o cara que diz que Mark morreu, na visão de Charlie.

Ah, sim! Demetri se oferece para fazer o bebê de Janis (Demetri, safadeendo, se você não morrer, vai ter muito o que explicar para sua noiva). Por falar nele, quando ele está lá, juntando suas coisinhas, na sala em que encontraram o video cassete, uma mensagem para ele começa a ser exibida. Tenso. Muito tenso.