Spin-off de Bones ja tem elenco definido

As primeiras informações sobre uma possível spinoff de “Bones” começaram a surgir em outubro de 2010. A ideia era exibir em dezembro um episódio no qual seriam introduzidos os personagens que estrelariam a série derivada. Por questões criativas, a produção do episódio foi adiada para 2011.

Esta semana foram divulgados os nomes dos atores que deverão estrelar a spinoff: Geoff Stults, de “Happy Town”, e Michael Clarke Duncan, ator de cinema que faz sua estreia no elenco fixo de uma série. Da mesma forma que ‘Bones” foi inspirada na vida da antropologista forense Kathy Reichs, a nova produção tem como base os livros de Richard Greener: “The Locator” e “The Lacey Confession”, que acompanham as aventuras de Walter Sherman, especializado em localizar pessoas e objetos desaparecidos.

Segundo as informações que surgiram sobre a adaptação do personagem, Walter (Stults) é um ex-soldado que sofreu danos cerebrais e agora tem a compulsão de fazer perguntas inapropriadas e ofensivas a qualquer pessoa, mas relevantes para a realização de seu trabalho. Paranóico, Walter teria conhecido Booth  (David Boreanaz), quando os dois serviram no Iraque, mas a antipatia teria sido instantânea. Já Brennan (Emily Deschanel), o consideraria um desafio intrigante.

Nos livros, Walter é mais velho, tendo adquirido sua capacidade de localizar pessoas enquanto lutava na guerra do Vietnã. O mesmo conflito o teria tornado uma pessoa paranóica. Entre seus amigos estão um garçon com um passado misterioso e um velho negro que parece uma chaminé. Até o momento, apenas o segundo personagem foi aproveitado para a série. Seu nome é Leo (Duncan), um sujeito durão e metido a filósofo, que atua como o braço direito de Walter.

A dupla Walter e Leo poderá aparecer em dois episódios de “Bones” antes de iniciar carreira em sua própria série. O primeiro episódio será produzido em fevereiro, com previsão de ir ao ar na TV americana entre os meses de março e abril. Com o título provisório de “The Finder”, a história deverá ser situada em Key West, na Flórida.

A produção da spinoff ainda não está garantida. Ela está restrita ao episódio de “Bones”, que poderá servir de piloto. Se o público aceitar bem os personagens, a série terá chances de receber a encomenda da primeira temporada.

Fonte

Bones – The Death of the Queen Bee (S05E17)

Duas amiguinhas estão em um celeiro tentando se beijar quando uma delas é atingida por um crânio em decomposição cheio de vermes.

Por coincidência haverá na cidade onde os ossos foram encontrados uma reunião dos colegas de colégio de Bones, que cresceu na área. Já que ela está lá, Booth insiste para que ela participe.

A cabeça pertencia a uma das colegas de Brennan, e uma possível conexão é feita a um assassinato que foi cometido há 15 anos. A fim de interrogar possíveis suspeitos, Booth e Brennan fingem que são casados na tal reunião da escola, onde ela se reencontra com seu único amigo daqueles tempos, um zelador muito estranho (ninguém menos que Robert Englund, o Freddy Krueger).

Angela decide terminar com Wendell por ele ser muito bom para ela. Tá, Angela, volta logo para o Hodgins e acaba logo com essa novela!

Bones – The Parts in the Sum of the Whole (S05E16)

E lá vamos nós descobrir como Bones e Booth se conheceram, pois Bones quer provar que a teoria de Swees, de que os dois se apaixonaram no primeiro caso em que trabalharamjuntos, está errada.

Booth é chamado para trabalhar em um caso e Camille sugere que ele arrume um parceiro – no caso, Bones.

Lá está Zack de volta (quer dizer, voltamos no tempo, ele ainda não havia saído). Hodgins era um menino muito malcriado nessa época (e usava um cabelo muito estranho). Angela trabalhava fazendo caricaturas em um parque até que Bones a convida para trabalhar no Jeffersonian.

No caso da semana, uma adolescente é encontrada morta e Booth pede a Bones para identificá-la, meio que para testá-la. Ele não leva muita fé no trabalho de Bones, mas depois que ela descobre toda a vida da garota só examinando os ossos, ele muda de opinião.

Agora só resta ligar o assassinato da garota ao principal suspeito.

Ah, sim! Bones e Booth se beijam logo durante o primeiro caso – e isso desbanca a teoria de Sweets. E ele ainda insiste que os dois tem que ficar juntos.

Bones – The Bones on a Blue Line (S05E15)

Sweets está no metrô e começa a conversar com um cara que acabara de se curar de um câncer. No meio do papo há um terremoto e o cara bate a cabeça e morre. E não é só isso! Um corpo é trazido pela correnteza da tubulação de água que quebrou com o tremor e vai parar na janela do vagão. Sweets fica arrasado pela morte do cara que acabara de se curar e estava cheio de planos. Ele acha que é hora de curtir a vida e isso implica se separar de Daisy.

Enquanto isso uma jornalista acompanha Bones para fazer uma matéria e fica comparando os personagens dos livros com o pessoal da “vida real”.

O cara que veio boiando no túnel do metrô era um cara que escrevia cartas e era cego. O gerente da estação do metrô contartou os serviços da vítima para enviar cartas para uma moça que ele estava afim. Só que as cartas não surgiram o menor efeito. Quer dizer, não para o cara que o contratou, pois a vítima se apaixonou pela mulher.

Bones – The Devil in the Details (S05E14)

Um padre e o corionha encontram algo em formato de demônio, com chifres e tudo, quimando no altar da igreja e ficam apavorados. Bones, cética como sempre, manda levarem para o Jeffersonian para investigarem.

A vítima não era nada demoníaca, mas um cara que colocou implantes de chifres e estava desaparecido do hospital psiquiátrico em que estava internado.

Booth, Sweets e Bones vão ao hospital pegar informações. Lá conhecem uma moça que pintou a vítima sendo crucificada por ela, que acredita ser a encarnação de um anjo e confessa ter matado o chifrudo. Ela ainda diz que Deus toma conta de seu corpo e guia suas ações.

A vítima foi eletrocutada e, como sempre, quem menos se espera é apontado como culpado.

Bones – The Dentist in the Ditch (S05E13)

Dois caras que estão em um acampamento que simula a guerra encontram uma ossada. Quando todo o bloco de terra é levado ao Jeffersonian, pois os ossos não poderiam ser retirados onde foram encontados, um monte de pequenas aranhas sai de dentro dele, deixando Cam apavorada.

Jared conhece uma moça e Booth já acha que ele se meteu em uma roubada.

A vítima era um dentista gay que jogava futebol americano e estava desaparecido há semanas, depois de ter terminado com o namorado. E como as aparências sempre enganam, o cara foi morto por quase nada.

Bones – The Proof in the Pudding (S05E12)

Cam está desesperada porque encontrou um teste de gravidez no banheiro e acha que pode ser de sua enteada.

O pessoal da Administração de Serviços Gerais lacra o prédio e até que Bones descubra como um cara que eles trazem morreu, ninguém entra e ninguém sai. Sweets liga para Booth e ele tenta entrar no prédio, sem sucesso.

Hodgins consegue descobrir que os restos pertencem a JFK e todos ficam em polvorosa. E começam com as teorias da conspiração. Por fim, eles chegam a conclusão de que os ossos não eram de JFK, afinal.

Angela assume que o teste de gravidez é dela. Ela conta a Hodgins que diz que a ama e que vai lhe ajudar com o bebê, já que Wendell é só um estagiário. Mais tarde, porém, Cam diz que o resultado do exame é um falso positivo.

Bones – The X in the File (S05E11)

Um cara está caçando aliens no meio do nada quando encontra um corpo que ele jura ser de um extraterrestre. Quando vai tirar uma foto, ele vê vários pares de olhos vermelhos, se assusta e dá no pé.

Angela continua seu romance com Wendell e eles temem que Hodgins descubra. Quando Wendell toma coragem e conta, Hodgins diz estar feliz pelos dois. Mas não é bem assim.

Bones vai com Booth ver o tal “alien”, que é bem, terrestre, a propósito. O xerife do Texas não libera o corpo e Bones tem que se virar no meio do nada para analisar os restos.

Um cartão de memória é encontrado dentro do corpo da vítima. Angela verifica o conteúdo, que parece um video sobre aliens. Enquanto isso, no Texas, uma blogueira maluca encontra fotos da vítima com o caçador de aliens.

O video, afinal, era sobre uma empresa que derramava líquidos tóxicos ilegalmente no meio do deserto. A vítima teria sido morta por ter registrado a ação.

Bones – The Goop on the Girl (S05E10)

Um papai noel (que mais parece um homem bomba) assalta um banco. Na saída, lá está Booth, que faz o cara literalmente explodir, espalhando restos seus pela rua toda.

O pai de Bones vai passar o Natal com ela, que está de viagem marcada para passar as festar fazendo trabalho voluntário.

Pedaços do papai noel voam em Booth e ele tem que tirar a roupa no Jeffersonian para que sejam investigadas. Bem interessante Bones o despindo em nome da ciência.

Eles descobrem que o papai noel foi “explodido” através dos discursos de um cara via rádio. Ao captar a frequência, Booth chega ao tal cara, que não tem nada a ver diretamente com a morte. A vítima teria sido manipulada por duas pessoas interessadas no dinheiro do banco.

Do nada o pai de Brennan aparece com uma prima de Bones, Margaret (participação de Zooey Deschanel, irmã de Emily Deschanel), que é tão estranha quanto a prima.

Fox estaria planejando spin off de Bones

Ainda são boatos, mas é possível que a Fox esteja planejando produzir uma spinoff de “Bones”. Para tanto, os produtores pretendem introduzir um novo personagem na trama, com o objetivo de criar empatia com o público, levando-o a estrelar sua própria série.
Este é um recurso muito comum utilizado pela TV americana para gerar novas séries a partir de uma produção bem sucedida, sem ter que retirar um dos personagens fixos da história. Há dois anos, a produção de “House” tentou fazer o mesmo, introduzindo um investigador particular, que deveria ganhar sua própria série, mas o projeto foi ‘engavetado’. O mesmo processo foi utilizado para criarem as spinoffs de “Criminal Minds”, “CSI” e “NCIS”.
O personagem que deverá ser introduzido na trama de “Bones” é Walter Sherman. Segundo o site Deadline, Walter é um ex-soldado que sofreu danos cerebrais e agora tem a compulsão de fazer perguntas inapropriadas e ofensivas a qualquer pessoa, mas relevantes para localizar objetos perdidos. Paranóico, Walter teria conhecido Booth  (David Boreanaz), quando os dois serviram no Iraque, mas a antipatia teria sido instantânea. Já Brennan (Emily Deschanel), o consideraria um desafio intrigante.
O personagem deve ser criado com base na série de livros “The Locator”, de Richard Greener, que teve dois títulos lançados: “The Knowland Retribution” e “Lacey Confession”, ambos de 2006. A nova série também ficaria a cargo de Hart Hanson, criador de “Bones”.