Rizzoli & Isles 1×08 I’m Your Boogie Man

Como diz o ditado: Depois de um episódio chato, sempre vem um TENSO.
Começamos com Jane tendo um pesadelo com Hoyt. Perceba o tom que começa o episódio. Ela sente que tem alguém a observando e vai para a rua. Muito inteligente, Jane, muito inteligente… – não.
E realmente tem alguém a observando.
Há uma vítima em um parque, com a garganta cortada. Frost mostra o nome do cara e Jane diz que conhece o nome. Ele era um cara desaparecido.
Frankie então diz que está preocupado com o casamento dos pais. (é, eu também, Frankie) e a garçonete do Dirty Robber, Lolla, começa a descaradamente paquerar Frankie. PRESTE ATENÇÃO NESSA CENA!!!
No necrotério, Frost quase vomita ao ver a vítima toda aberta e Maura diz que o coração dele é gelado, Frost concorda e Maura diz que o coração dele realmente está congelado, o que pode ser resultado de alguma doença e os dois chegam a conclusão que de a vítima pode ser mais uma vitima de Hoyt, e que na verdade, a vítima estava congelada e só foi solta agora para que Jane encontrasse.
Maura está na casa de Jane e se voluntaria a ficar acordada para que Jane possa dormir. Ela então ensina Maura a usar sua pistola. Mais um momento lindo de amor entre as duas, falei. Quando Maura vai fechar a janela, a imagem é de alguém tirando uma foto dela.
Na manhã seguinte, Frost está ajudando Maura quando Korsak chega e os dois começam a discutir por que Frost não o avisou, dizendo que Hoyt é o caso dele, o que faz com que Maura grite para que eles calem a boca ou acordarão Jane.
AH NÃO. DEAN O BABACA ESTÁ DE VOLTA. MAURA, ATIRA NELE! Ele e Jane vão tomar café e ele diz que estará lá para ajudar a resolver o caso. Eles conversam e ela diz que a única coisa que eles tem em comum é um assassino em série. Credo, Angie Harmon e Billy Burke não tem NENHUMA química.
Maura chama Jane no necrotério e Dean vai junto e Maura explica como Hoyt corta as vítimas para que eles demorem ao menos seis minutos para morrer.
Cavanaugh então tira Jane do caso (eu aprovo, falei) ele faz isso para protegê-la.
Hoyt então é levado até a delegacia e MAURA 9ª médica legista, não se esqueçam) faz uma entrevista com ele. Ele então zoa com Dean, dizendo que eles têm Jane em comum. (de uma maneira não muito legal, eu gosto de como o Hoyt é frio e irônico) Maura é fria e usa um bisturi para pegar uma foto escondida que Hoyt tem. MEDO DA MAURA, FALEI.
Korsak está estudando o caso e Jane tenta ver o que acontece. Eles então conversam sobre a primeira vez que Jane foi pega por Hoyt e como ele salvou sua vida. Ele pergunta porque ela trocou de parceiro e ela diz para ele que ela diz que trocou pois ele não poderia mais confiar nela como parceira depois de vê-la daquele jeito, como uma vítima e não sua parceira. Korsak mostra seu carinho por ela. O episódio é tenso, mas mostra como todos os personagens da série são como uma família.
Hoyt tenta colocar medo em Maura, mas ela não cai na conversa dele. Ele diz para ela que quer sentir o sangue de Jane cobrir suas mãos e Maura diz que ele jamais sairá da prisão. Maura diz que não tem medo dele e ele responde que ela é igual a ele.
Frost então conversa com Korsak sobre Jane e pergunta o que aconteceu quando ele a encontrou pregada no chão e Korsak conta para ele.
Maura então examina o vídeo da entrevista com Hoyt e diagnostica as expressão facial dele. Jane então zomba de Maura e ela pede desculpas à Maura, que sem querer deixa passar a parte que Hoyt diz que eles são iguais e ela conta para Jane que realmente, eles se parecem. Mais uma cena LINDA de como os personagens são carinhosos uns com os outros.
Maura conta que foi adotada, que era filha única e muito solitária e ela realmente acha que se parece com Hoyt. E eu só quero abraçar Maura e dizer que tudo vai ficar bem. Sasha Alexander, por que você não tem um Emmy ainda, gata? Chorei com essa cena.
Jane afirma para Maura que ela não é nada parecida com ele e a conforta.
Jane e Maura brincam com Frankie sobre a namorada dele e Jane concorda em deixar Lolla cozinhar para ela e Frankie.
Maura e Dean se juntam para tentar encontrar a pessoa que tirou a foto de Jane. Frost, Korsak e Dean encontram as fotos e um DVD com uma gravação com mais uma vítima. Jane então interroga Hoyt ela mesma e quase perde a cabeça com ele.
Maura descobre um jeito maluco de encontrar onde a vítima do DVD está e Korsak diz que Jane tinha razão, Maura é uma mulher impressionante. Agora me diz se isso não é amor?!
Korsak e Dean encontram o local, mas a voz da vítima está em um gravador.
Na casa de Jane, Lolla está cozinhando e Jane chega com dois policias. Logo ela manda eles embora. Quando Jane entra no quarto para se trocar, Frankie está amarrado e amordaçado e Lolla (eu avisei, cara, eu avisei…) aparece com uma arma atrás de Jane.
Maura então chega na delegacia, e mostra para Korsak e Frost que a vítima que eles estavam procurando é a tal Lolla, é rapaz, Sindrome de Stockolmo é um saco… Maura então pega uma foto dela e compara com a foto da vítima e BANG, descobre o que está acontecendo.
Jane então diz à Lolla que Hoyt a ama e não à Lolla. Frankie então briga com ela pela arma e a derruba no chão, tirando a arma dela e Jane manda ele atirar em Lolla. É tenso ver a cena, mas tudo acaba bem.
Jane e Dean estão em um jantar “romântico” e acabam se beijando BLERGH.
O episódio acaba com Hoyt lendo a notícia que sua vítima morreu depois de atacar Jane e Frankie.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s