Fringe – The Plateau (S03E03)

Com uma simples caneta Paper Mate Kilométrica um cara consegue coordenar uma sequência de eventos que terminam de uma forma nada legal…

No universo paralelo, Olivia está de volta ao trabalho. E totalmente integrada, com lembranças de Bolivia.

Em sua sala, Walternative e Broyles conversam sobre Bolivia e a tarefa que ela teria recebido para ser executada em nossa realidade. Eles também falam da habilidade que Olivia tem em atravessar os universos sem sofrer nenhuma consequência. Walternative quer usar essa habilidade a seu favor.

Bolivia vai com o grupo investigar o acidente provocado pelo cara da caneta, que já é o segundo em dois dias. Dois “acidentes” aconteceram exatamente da mesma maneira.

Lee encontra a caneta e estranhao fato de ser uma de modelo antigo (a famosa Kilométrica, que hoje é coisa de colecionador – ou nem isso) e imagina o que se passou. Enquanto ele fala sobre a caneta ter sido o start de uma reação em cadeia, Olivia acha que vê Peter do outro lado da rua e fica meio confusa. Em casa, ela conta sobre sua “visão” para o namorado. Ele acha que ela deve contar a Broyles, mas ela acha que não.

Por alguma razão, Francis acha que talvez Olivia estivesse dizendo a verdade a respeito de não ser ela, de ser outra pessoa. E começa a fazer umas perguntas que só a verdadeira Bolivia conseguiria responder. E ela passa nos testes. Mas continua tendo uns insigts de Olivia.

Astrid acha muito improvável, impossível, para dizer a verdade, que os acidentes, na verdade, sejam assassinatos. Até que mais um “acidente” acontece. E lá está a caneta. Olivia percebe o cara no meio dos curiosos e vai atrás dele, mas o infeliz é mais esperto que você e consegue fugir coordenando eventos.

Em casa, a irmã do cara, que se chama Milo, está muito precocupada com ele. Meio autista, ele trata tudo e todos como uma combinação de dados e não parece ter nenhum tipo de emoção.

Olivia e Francis vão até um hospital psiquiátrico e, enquanto Olivia pensa estar vendo Walter, Francis repara que eles tem várias canetas Kilométricas em uma sala. Conversando com o médico responsável, eles descobrem que todas as vítimas estavam envolvidas com o tratamento de Milo, que estaria prestes a ser encerrado, fazendo com que ele voltasse a ter pouca inteligência.

E Milo prepara uma “armadilha” para acabar com Olivia. Ele “vê” toda ação em sua mente, mas por um milésimo de segundo, tudo dá errado.

E os Glyphs dessa semana formaram:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s