Bones – The Bond in the Boot (S05E02)

Um cara que tem uma pasta algemada em seu braço é morto, a mala arrancada cotando-lhe a mão, e, para completar, é atropelado. E gatos comem sua carne.

O livro de Bones é um sucesso absoluto e, segundo seu agente, ela nunca mais vai precisar trabalhar na vida (taí tudo o que eu queria: trabalhar só por diversão).

No laboratório, descobre-se que o cara é russo e que havia acabado de chegar. Ele seria um mensageiro de um vendedor de diamantes que entrou ilegalmente no país. E poderia estar carregando algo bem diferente das pedras.

Enquanto isso, Wendell perde sua bolsa de estágio no Jeffersonian.

Acontece que todo mundo começa a achar o cara que matou o russo é meio James Bond: seu carro é um Aston Martin, ele tem jeito de espião, trabalha para a Universal Exports… Até que aparece morto no porta malas de seu carro.

Um cara que foi para a cadeia graças a um testemunho seu é, então, acusado de ser o assassino, embora ele negue tudo.

O chefe do agente conta a Booth que teria armado para que dimlhões em diamantes fossem trazidos para o país e em seguida enviados ao Paquistão para serem trocados por prisioneiros políticos. O agente ouviu uma conversa e, aparentemente, foi morto por isso.

No fim das contas, o que o agente estava fazendo era transportar e proteger informações.

E não foi dessa vez que Wendell deixou a equipe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s