USA é processado por plágio em Royal Pains

Mais uma emissora está sendo acusada de plágio nos Estados Unidos. Depois de “Sons of Anarchy”, do FX, agora as acusações caem sobre “Royal Pains”, do canal USA Network, segundo o Na Telinha.

Os autores da ação, movida na corte de Nova Iorque, são o ator canadense Hayden Christensen, de “Guerra nas Estrelas”, Tove Christensen, e a produtora Forest Park Pictures. No processo, a acusação afirma que em novembro de 2005 entregou ao departamento de roteiros originais do canal um projeto de série intitulado “Housecall”. A trama acompanharia a vida de um médico que realizava atendimentos apenas nas casas dos famosos em Malibu, história bem parecida à trama central de “Royal Pains”.

Na época, a emissora havia se interessado pelo projeto, entretanto, poucas semanas depois acabou desistindo de levá-lo adiante. O USA Network está sendo acusado na ação por quebra de contrato implícito, competição desleal e enriquecimento ilícito. Os irmãos Christensen e a Forest Park solicitam participação nos lucros da série e indenização. A direção do canal preferiu não se manifestar sobre o processo.

“Royal Pains” estreou nos Estados Unidos em 2009 e alcançou a marca de 5,97 milhões de espectadores em seus 12 primeiros episódios. Os bons índices levaram a emissora a renovar a história para uma segunda temporada. A trama, estrelada por Mark Feuerstein e Paulo Costanzo, é exibida no Brasil pelo canal Sony.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s