Lie To Me – The Whole Truth (S02E13)

Uma moça é casada com um cara mais velho. Após umas horas de sexo, ela sai e, quando volta, o cara está morto. Junto do corpo a polícia acha uma seringa com cianureto. Como ela é a beneficiária do testamento e diz não se lembrar onde esteve durante o tempo em que deixou o marido e oencontrou morto, torna-se a principal suspeita.

Cal, a princípio, não encontra evidências de culpa em suas expressões, mas acha que ela matou o marido. Sua ex esposa está defendendo a moça e tem certeza do contrário. E os dois travam uma batalha.

Gillian acha que tem algo por trás de Cal se interessar tanto pelo caso, algo relacionado a ex esposa.

No julgamento, Cal arma um circo e é retirado do tribunal (o que foi engraçado). Ele dá um jeito de ficar a sós com a acusada e percebe que ela não matou o marido.

O filho do morto diz que a mulher havia dormido com ele antes de se casar com o pai. Segundo ele, ela teria terminado com ele quando descobriu que ele não tinha dinheiro, ao contrário de seu pai. Porém, ao interrogá-lo, Gillian acha que ele está inventando. Ele queria dormir com a moça e não conseguiu, aí inventou uma história que ele mesmo passou a acreditar.

No fim das contas, não houve nem um assassinato, por assim dizer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s