Bones – The Priest in the Churchyard (S02E17)

Parece um cenário de filme de terror (e dos ruins): caixões abertos e ossos espalhados por todo o pátio da igreja, onde funciona o cemitério.

Bones e Zack vão até lá para identificar os corpos para que sejam recolocados nos túmulos certos. Segundo o pároco, o úmtimo corpo foi enterrado no local há mais de 50 anos, mas Bones acha uns ossos que não têm mais de 5 anos que foram enterrados – sem caixão. Parece que eles estão diante de uma cena de crime.

Angela faz um esboço do que seria o rosto da vítima e Bones e Booth levam para o pároco olhar. E Bones aproveita para dar umas “alfinetadas” na Igreja durante a conversa com o padre e sua assistente.

Ninguém parece conhecer o cara. Mas a tal da assistente é uma figura muito estranha, e o padre vive reclamando de dor no estômago. Sei não, tem algo aí que não encaixa…

Booth insiste para que Bones vá ver seu psiquiatra (yay! Stephen Fry!!) e ela, obviamente, se recusa. Mas eles acabam se encontrando para uma pizza e Dr Wyatt promete que vai trabalhar em Bones.

Hodgins e Angela estão num clima de romance tal que nem disfarçam mais no trabalho. Ele quar que ela vá morara com ele, mas ela não diz nem que sim, nem que não.

O padre decide distribuir fotos a vítima durante a missa e um dos meninos o reconhece como sendo o padre que estava na paróquia antes do atual.

Parece que o cemitério estava sendo atacado por um ladrão de cemitérios e que o padre foi morto por ter flagrado o cara roubando.

Então tuco começa a se encaixar: o padre morto era visto como pedófilo, apesar do menino que andava com ele jurar que ele nunca havia tentado nada. Ele também disse que o pároco esteve em sua casa, pouco antes do padre desaparecer, berrando com ele dizendo que sabia de tudo. O pároco tem um histórico de agressão verbal e até física, o que agrava a sua situação (mas eu ainda aposto na assistente).

Bones e Booth vão até a Igreja e Bones percebe que o cálice tem características que batem com o que foi usado para matar o padre. Eles levam para análise e, adivinhem, combina perfeitamente! Além disso, eles descobrem que o padre tem sido envenenado aos poucos há anos, do mesmo modo que o que morreu. O pároco é chamado e diz que não sabe de ninguém que os quisesse envenenar (hum… nem a assistente?). Mas Booth logo percebe o que aconteceu e chama a assistente para depor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s