Monk – Mr. Monk Gets Married (S02E15)

Um restaurador de antiguidades encontra uma carta que dá conta de um ouro enterrado. Quando ele conta a seu sócio na loja, este o mata.

A mãe de Disher, que tem 58 anos, se casou com Dalton Padron (Nestor Carbonell, de “Lost”), um vendedor de antiguidades de 37. Disher tem certeza de que suas intenções não são boas (e como seriam? O cara diz à mulher que precisa de terapia de casal com quatro dias de casado!) e chama Monk para investigar. Sharona convence Monk de que a melhor maneira para pegar Dalton é finjirem que são casados e irem para a clínica de terapia de casais. E é hilário! Monk dizendo que Sharona tem problemas com bebidas, ela dizendo que ele é um mala.

Em uma terapia de grupo, Sharona consegue pegar uma carta antiga no bolso da jaqueta de Dalton. A carta confirma as suspeitas: Dalton está atrás do ouro que foi guardado há 150 anos atrás pelo minerador louco que já foi dono daquela casa. E Dalton pega Sharona e Monk falando sobre o bilhete.

Na manhã seguinte, Sharona segue Dalton em uma mina de ouro e Monk vai atrás. Dalton escuta os dois, sai da mina e a fecha, deixando eles presos (imagina Monk preso e Sharona tentando arrumar um jeito de sair). Disher encontra o corpo do sócio de Dalton escondido em um armário. Enquanto ele alerta a polícia e corre para resgatar sua mãe, Monk descobre onde o ouro está escondido, mas acaba preso em um closet com Sharona, a mãe de Disher, um terapeuta, o xerife da cidade e um casal de verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s