House – Simple Explanation (S05E20) – comentários

Uma mulher vai dar seu “adeus” ao marido que está nas últimas e acaba tendo um ataque. Os dois são levados ao hospital. A mulher, que sempre teve o sonho de conhecer o Rio, está cada vez pior, e o marido, que deveria ter morrido, está estável.

U-hu! Participação do Meat Loaf!!!!

Pelo menos ums coisa boa nesse episódio: clínica! House atende uma garotinha, estilo Maísa, dessas mini misses americana, que está meio “fora da realidade”. Ele rapidamente percebe que a garota está bêbada, porque bebeu da mesma coisa que a mãe. A cara do House quando dá o “diagnóstico” é impagável!


House e a equipe começam a estranhar o atraso do Kutner. House manda Thirteen e Foreman até a casa dele para ver o que está acontecendo. Ao chegarem lá, encontram Kutner caído no chão do quarto e uma poça de sangue. Ele teria se matado com um tiro na cabeça.


Todos ficam muito abalados, menos House (aparentemente), que não consegue entender como não havia percebido os sinais de que Kutner estaria para se matar (tanto que ele chega a invadir o apartamento de Kutner e a achar que ele, na verdade foi assassinado). Taub está em negação e evita falar sobre o assunto, se dedicando inteiramente a tratar os pacientes.

House passa o episódio inteiro tentando entender o que aconteceu. Até na casa dos pais adotivos ele vai, e, com toda a delicadeza que lhe é peculiar, os acusa de levarem Kutner ao suicídio por ter dado a ele seu sobrenome. Seu jeito de lidar com a perda é fazendo o que melhor sabe: juntar as peças do quebra cabeça.


Cuddy está preocupada com House e quer que alguém o ajude. Ninguém melhor que o Wilson, claro! Quando House invade o apartamento de Kutner atrás de pistas, lá está Wilson, para dar uma força (ou evitar que ele faça alguma besteira). Essa cena foi uma que me chamou a atenção, o “good to see you” de House me pareceu sincero.




No fim das contas descobrimos que a paciente traiu o marido, viajando para o Rio escondida e aqui contraiu a doença que a matou.

Taub finalmente consegue colocar para fora sua dor e House não consegue encontrar algo que faça a morte de Kutner fazer sentido.

O episódio termina com imagens do funeral de Kutner.






Bem, todo mundo sabe que, depois de House e Wilson, meu personagem favorito da série é o Kutner. Portanto, esse episódio foi, no mínimo, difícil de assistir (e de fazer um review decente).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s