Mr. Monk falls in love – review

Disher está saindo de um encontro quando (numa cena totalmente “Disher”) sua acompanhante percebe que o motorista está morto.

Monk é chamado para ajudar a identificar o suspeito e todas as evidências o levam até Leyla Zlatavich, que trabalha em um centro para refugiados da Zemenia (um país fictício, “localizado” na Europa). Acontece que Monk, ao olhar para Leyla, se apaixona à primeira vista e, por estar totalmente encantado com a moça, tem certeza de que ela é inocente. Claro que ninguém acredita nele e as investigações prosseguem.

Leyla vai até a casa de Monk para pedir sua ajuda para que sua inocência seja provada (nessa seqüência há um erro de continuidade: Monk fica tão desconcertado com a visita da moça que joga seus talheres no lixo e põe o “porta-talheres” em cima da pia. Quando ele “volta a si” e dá falta de suas colheres, vemos que o porta-talheres está virado ao contrário de como ele deixou…). Voltando à história, ela o convida para sair e os dois vão jantar fora, no maior “date” (muito fofo!).

Acontece que Stottlemeyer tem certeza que Leyla é culpada e proibe Monk de se aproximar dela. O detetive vai até sua “amada” para dizer isso e, quando está indo embora, um carro joga aquela água de poça nojenta em suas roupas. Leyla o leva até sua casa para lavar suas roupas e lhe oferece o roupão do ex noivo, morto pelo motorista do taxi que ela, aparentemente, matou. Nesse meio tempo, começa a tocar uma música no rádio e ela tira Monk para dançar, numa cena que toda fã de Monk vem esperando desde a primeira temporada (digo todA fã pq geralmente nós, mulheres, é que temos essa mania de shipper e coisas do tipo…).

Nisso Stottlemeyer chega para prender Leyla e acontece a melhor cena do episódio:

Stottlemeyer percebe Monk de roupão no apartamento de Leyla e…

Stottlemeyer
– Monk? Mother of mercy.
– Well, here’s something I never thought I’d say out loud. Monk, where are your pants?

Disher:
– Monk, you’re not supposed to be here.

Monk
– I was just leaving. I was-

Stottlemeyer (percebendo que Monk segurava a aliança em vez de usá-la):
– Is that your wedding ring?

Monk
– No.

E o quiprocó continua até que Leyla confessa o crime, mas Monk não se conforma e continua investigando…. o final, claro, não vou contar, mas para quem torce para Monk arrumar uma nova namorada, é meio triste…

Adorei esse episódio! O segundo melhor até agora (o primeiro foi o “Mr. Monk buys a house”).
E que venha o 100º episódio!!!!

.

3 opiniões sobre “Mr. Monk falls in love – review

  1. Monk é uma série que eu sempre penso em ver, mas nunca arranjo horário!!!Mas agora to vendo séries demais!!!Adorei o blog… uma boa fonte para fãs de séries como eu!!Estou na maior ansiedade para que setembro chegue logo e voltem as séries!!!!Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s